Cidadeverde.com
Esporte

Vasco e CBF lamentam morte de Dinamite; veja repercussão

Imprimir

Após a morte de Roberto Dinamite, 68, maior ídolo da história do Vasco, neste domingo (8), em decorrência de um câncer de intestino, o mundo do futebol e autoridades homenagearam o jogador e prestaram condolências à sua família e seus amigos.

Em nota divulgada em seu site, o Vaco da Gama disse que "comunica com inestimável pesar o falecimento do maior ídolo da história do clube", relembrou a trajetória e as estatísticas do jogador e se despediu afirmando "obrigado, Roberto. Nós te amamos. Para sempre". 

O clube também mudou sua foto de perfil no Twitter para uma imagem de Dinamite.

A CBF por sua vez, afirmou que Dinamite "foi um dos maiores jogadores da história do nosso futebol. Além de entrar para a bela história do Vasco, ele encantou os fãs do futebol em todo o mundo". 

A entidade disse ainda se "se solidarizar com os familiares e com os fãs do artilheiro" O comunicado é assinado por Ednaldo Rodrigues, presidente da confederação. Dinamite defendeu a Seleção nas copas de 1978 e 1982.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também emitiu uma nota oficial para lamentar a morte do ex-jogador Roberto Dinamite.

"Foi um gigante na história do Vasco da Gama e do futebol brasileiro. Como torcedor do Vasco no Rio, admirei muito seu futebol bonito, ofensivo, de um chute tão potente de perna direita que virou apelido. E de apelido, sobrenome", diz o texto.

O petista desejou seus "sentimentos" à família do ex-atleta e recordou a trajetória política de Dinamite.

"Além de grande jogador, foi também político, sendo deputado estadual por cinco mandatos e dirigente do Vasco da Gama, lutando para modernizar a gestão do clube", afirmou.

Vascaíno, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), disse no Twitter que Dinamite era seu ídolo na infância. 

"O cara que me fez viver as primeiras emoções com o meu Vascão. Um ser humano generoso e amigo. Vai em paz, Dinamite. Obrigado por todos os momentos de alegria que você me proporcionou. Meus sentimentos aos familiares, amigos e à legião de fãs desse craque!", escreveu.

Maior rival do Vaco, o Flamengo também usou o Twitter para se despedir de Dinamite. "Um adversário admirável, que marcou o futebol e enriqueceu o Clássico dos Milhões", disse o clube.

O Fluminense disse que chamou Dinamite "um dos grandes da história do futebol" e disse que, sendo rival em campo, o ex-atacante "sempre prezou pelo respeito dentro e fora dele", além enviar seus sentimentos a familiares, fãs e amigos.

O Botafogo também lamentou a morte do ex-jogador e desejou força aos familiares.

Fonte: Folhapress

Imprimir