Cidadeverde.com
Política

Parlamentares pedem que Ibaneis Rocha seja investigado pelo Supremo

Imprimir
Foto: Arquivo/Cidadeverde.com 
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) e a deputada federal suplente Luciene Cavalcante (PSOL-SP) pediram ao ministro do Supremo Alexandre de Moraes que investigue o governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB-DF) por suposto crime de omissão durante as manifestações antidemocráticas que acontecem neste momento em Brasília.
 
Os dois pedidos foram feitos no inquérito que apura a responsabilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) por atos antidemocráticos ocorridos no 7 de setembro de 2021.
 
O argumento utilizado por Rodrigues é de que os pedidos de reforço direcionados para as forças de segurança do Distrito Federal foram ignorados. A petição menciona solicitações feitas pelo Senado e pelo Ministério da Justiça.
 
"As manifestações golpistas já haviam sido amplamente divulgadas e contaram com a conivência dos responsáveis pelos órgãos de segurança", afirma o senador.
 
Anderson Torres, agora ex-secretário de Segurança Pública do Distrito Federal e ex-ministro da Justiça de Jair Bolsonaro, é chamado de "um dos primeiros escudeiros do ex-Presidente da República".
 
Mais cedo, neste domingo, a Advocacia Geral da União, pediu ao Supremo que Torres fosse preso.
 
Cavalcante reforça o pedido solicitando que tanto Torres quanto Rocha sejam responsabilizados pelas manifestações deste domingo.
 
A manifestação pede que os dois se tornem oficialmente investigados pelo Supremo no inquérito das manifestações antidemocráticas.
 
Fonte: Estadão Conteúdo 
Imprimir