Cidadeverde.com
Esporte

Após ausência com Pelé, velório de Dinamite tem campeões mundiais e rivais

Imprimir

O adeus a Roberto Dinamite, maior ídolo da história do Vasco, foi marcado pela presença de diversos ex-jogadores, dirigentes e até rivais, como no caso de Zico e Júnior. Depois das críticas às ausências no velório de Pelé, até diversos campeões mundiais foram a São Januário.

O corpo passará a noite na capela de São Januário. Na manhã desta terça-feira, haverá uma cerimônia para familiares e convidados antes do enterro no Cemitério Nossa Senhora de Belém, em Duque de Caxias.

Da lista de campeões mundiais, Mazinho (94), Zinho (94), Jorginho (94), Cafu (94 e 2002), Marco Antonio (70), Ricardo Rocha (94), Brito (70) e Branco (94) estiveram presentes. No velório de Pelé, apenas Marco Antonio foi.

Figuras da história do Vasco estiveram no velório. Foram eles: Edmundo, Acácio, Claudio Adão, Gilberto Coroa, Zé Mário, Carlos Germano, Alexandre Torres, Felipe Maestro, Brito, Leandro Ávila, Fellipe Bastos, Dé Aranha, Bismark, Sorato, Afonsinho, Tita, Ricardo Gomes, Joel Santana, Carlos Alberto, Fernando Prass, Mauro Galvão, Antonio Lopes e Pedrinho.

Do Vasco atual, a maior parte do elenco foi prestar homenagem a Dinamite antes do treino da tarde. Abel Braga, diretor técnico, e Maurício Barbieri, treinador, também estiveram presentes. Nenhum outro jogador em atividade foi.

Entre os dirigentes, Rodrigo Caetano, do Atlético-MG, marcou presença. Presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues também apareceu na parte final do velório, assim como Rubens Lopes, mandatário da Ferj. Eduardo Bandeira de Mello, deputado federal e ex-presidente do Flamengo, passou no local.

Nomes dos rivais também foram a São Januário, casos de Zico, Júnior, Nunes, Zinho, Jayme de Almeida e Juan, do Flamengo, além de Fred, do Fluminense, e Luís Castro, do Botafogo. Os três últimos foram representando os clubes.

Se não foram ao velório de Pelé no último dia 2 e 3, os clubes cariocas enviaram representantes. No Fluminense, Mário Bittencourt, Fred e Paulo Angioni. No Botafogo, Durcesio Mello, Luís Castro e André Mazzuco. No Flamengo, Juan e Rodrigo Dunshee.

Entre os famosos, foram a São Januário o influencer Casimiro, Tereza Cristina, Fernanda Gentil, Lédio Carmona, Paulinho da Viola e BK. Eduardo Paes, prefeito do Rio e vascaíno, esteve presente.

Roberto Dinamite, maior ídolo do Vasco, morreu domingo, aos 68 anos. Ele vinha fazendo tratamento para combater um tumor no intestino desde o fim de 2021.

RIVAL E AMIGO, ZICO LAMENTA

Maiores ídolos da história de Flamengo e Vasco, Zico e Roberto Dinamite tinham uma grande amizade fora dos gramados. O ex-jogador fez questão de prestar mais uma homenagem ao antigo adversário e foi a São Januário acompanhar o velório de Dinamite.

Zico foi recebido com aplausos dos torcedores do Vasco. Ele passou um longo tempo abraçando familiares de Dinamite.

Zico chegou a vestir a camisa do Vasco em um amistoso que marcou a despedida do ídolo cruz-maltino dos gramados.

BRUNO BRAZ E LUIZA SÁ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL-FOLHAPRESS)

Imprimir