Cidadeverde.com
Política

Caixa suspende consignado e comissão analisa mudanças, diz Wellington Dias

Imprimir

Foto: Renato Andrade/Cidade Verde

O ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias (PT), afirmou nesta sexta-feira (13) que o Governo Federal vai instituir uma comissão para avaliar mudanças, após a presidente da Caixa Econômica Federal, Rita Serrano, anunciar a suspensão da concessão de novos empréstimos consignados a beneficiários do atual Auxílio Brasil, futuro Bolsa Família. 

“Ontem a presidente da Caixa Economia Federal tomou posse, mulher, funcionária de carreira. A Rita Serrano adotou a suspensão, justamente, para uma avaliação onde há questionamentos sobre o consignado com base no Bolsa Família e, agora, a gente deverá ter por parte do governo uma Comissão para tratar não somente sobre esse ponto,”, explicou. 

A comissão em questão será coordenado pelo ministro da Economia Fernando Haddad (PT). 

A decisão de suspender o consignado se deu, devido à revisão no Cadastro Único que será feita no Cadastro Único a partir do próximo mês. Um segundo motivo perpassou a questão do percentual de juros sob os empréstimos feitos. 

“Temos um compromisso do presidente [Lula] com as pessoas que chegaram a uma situação de endividamento e haverá mudanças. Temos que aguardar a apresentação, que será comandada pelo ministro Haddad", disse Dias. 

Veja mais:


Auxílio a órfãos da covid criado no Piauí pode ser estendido ao Brasil, diz ministro


Paula Sampaio 
[email protected]

Imprimir