Cidadeverde.com
Geral

Há 11 dias na UTI, Kátia Tapety segue internada e já responde a estímulos

Imprimir

Foto: reprodução Instagram

A ex-vereadora e ex-vice-prefeita de Colônia do Piauí, Kátia Tapety, 73 anos, segue internada há 11 dias após ser hospitalizada com um quadro de insuficiência respiratória. O Cidadeverde.com apurou que o estado de saúde ainda é considerado grave, mas estável e com melhora gradativa. Ela, inclusive, apresentou abertura ocular parcial ao estímulo verbal. A piauiense é reconhecida nacionalmente, foi a primeira travesti eleita a um cargo político no Brasil e protagonizou cenas de um filme sobre a própria história.

Kátia deu entrada no Hospital Regional Deolindo Couto, em Oeiras, no último dia 05, mas devido ao quadro de saúde foi transferida para a Capital. O irmão Algemar Tapety confirmou que ela foi diagnosticada com pneumonia e disse que está confiante na plena recuperação.

"Estamos muito otimistas, pois ela é muito forte, tem muitas pessoas orando e torcendo por ela", disse o irmão ao Cidadeverde.com.

Jovanna Baby, amiga de Kátia, confirmou a evolução do quadro clínico e contou como ela descobriu a pneumonia.

“Ela estava se sentindo cansada e pensava que era gripe. E quando o quadro piorou, ela procurou atendimento no hospital de Oeiras e o médico informou que ela estava com pneumonia. Então, ela ficou nervosa, pressão e glicose subiram e logo depois entrou em coma. Graças a Deus o quadro é estável e ela está evoluindo bem”, disse Jovanna Baby, que junto com a Kátia organizam a Parada da Diversidade de Oeiras. 

O boletim de saúde mais recente mostra que ela segue intubada, não apresenta febre e mantém parâmetros ventilatórios apenas de suporte. 

Confira o boletim na íntegra

Segue intubada. Mantendo parâmetros ventilatórios apenas de suporte.Sem febre. Não fez hemodiálise hoje. Segue com o mesmo esquema de antibiótico. Sem sedação. Aguardando resposta após retirada total da sedação. Paciente apresentou abertura ocular parcial ao estímulo  verbal. Fazendo uso de insulina. Paciente estável.

 

Em redes sociais, personalidades nacionais repercutem a internação de Kátia Tapety e desejam boa recuperação a piauiense. Entre elas, a ministra da igualdade racial Anielle Franco e a Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA). 

 

 

 

 

Graciane Araújo e Yala Sena
[email protected]

Imprimir