Cidadeverde.com
Entretenimento

MC Poze é investigado por supostos maus-tratos após cachorro comer maconha

Imprimir

Webert Belecio / AgNews

 

O cantor MC Poze do Rodo está sendo investigado por supostos maus-tratos a um animal após divulgar que seu cachorro consumiu um cigarro de maconha. A informação foi confirmada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro em contato com a reportagem.
"A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) abriu procedimento para apurar a possível prática de maus-tratos", diz o comunicado.

O cantor será ouvido e outras diligências estão em andamento para apurar todos os fatos, completou a Polícia Civil ao comentar sobre o caso.

CACHORRO EM CLÍNICA VETERINÁRIA
Em uma sequência de vídeos, MC Poze informou ontem nas redes sociais que seu animal de estimação precisou ser atendido após ingerir um cigarro de maconha.

Poze chamou o cachorro de "Zé Droguinha" e afirmou ter deixado o animal com um primo para participar de uma partida de futebol, completou a colunista.

"Demos esse nome para ele, e todo mundo riu. De noite, fomos jogar e deixamos o cachorro em casa. Ficamos sabendo que não podia deixar o cachorro muito novo sozinho", disse o músico.

Ainda nos stories do Instagram, MC Poze do Rodo afirmou que a clínica veterinária percebeu qual foi a substância ingerida pelo animal e seguiu com o tratamento.

De acordo com o website Petlove, a ingestão de Cannabis s.p. ou a inalação da fumaça por pets pode gerar intoxicação. Com sinais clínicos aparentes de 30 minutos a uma hora após ingestão, os animais geralmente se recuperam bem após tratamento


WESLLEY NETO
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS

Imprimir