Cidadeverde.com
Política

“É preciso honrar a luta de nossos ancestrais” diz Rafael Fonteles em Piracuruca

Imprimir
  • 74071032-bd6e-45d8-bb0f-9d3c34fa6f17.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 2501cc95-c671-4f5c-a603-e272beb9c9b0.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 0e9b57ca-6125-47f7-b49d-0b0fd1d52bf4.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • ee444a6a-b906-4054-b2b7-db18438f056a.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 2176e118-a6c4-4f31-8387-bf19c63b7959.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 87c63c17-96e9-4f14-91c6-c83d533fd63e.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 62cfa2e3-1655-4649-b5c9-0a8d7c340fb8.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 9dc0d2de-9229-4327-a576-f317b6a592d6.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • 0fbe7901-3e3c-43b0-89e3-b73ba5e0b014.jpeg Renato Andrade/Cidadeverde.com

O governador Rafael Fonteles (PT) afirmou neste domingo (22) que o estado não se desenvolve se não valorizar sua história e cultura. Rafael Fonteles participa de solenidades em Piracuruca pelos 200 de adesão do Piauí a independência do Brasil.

“É importante homenagear e divulgar para o povo a luta de nosso ancestrais. É preciso homenagear e honrar luta de nossos ancestrais em varias cidades do Piauí pela independência do Piauí e do Brasil. Em cidades com Parnaíba, Piripiri, Piracuruca, Oeiras e Campo Maior tivemos gente que deu sangue literalmente para livrar o Brasil e o estado que estava dependente de Portugal. Por isso comemoramos o 13 de março, que foi a Batalha do Jenipapo, onde as tropas portuguesas sofreram e em Caxias foram derrotadas“, disse. 

Rafael ressaltou a importância do piauiense e do Brasileiro conhecer a história do estado. “Eu não conheço um lugar que se desenvolve sem valorizar sua história e Cultura. O governador Wellington Dias fez muito divulgando isso e vamos fazer muito mais na valorização da nossa história” disse Rafael ao chegar no Culto na Igreja Pentecostal em Piracuruca. 

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Após o Culto, acontece uma missa na igreja Matriz e na sequência a entrega da Medalha do Mérito Renascença.

Participam da solenidade, deputados estaduais, deputados federais, secretários e o prefeito de Piracuruca, Assis Mãozinha. 

Na cerimônia de outorga, o governador enfatizou o seu objetivo, que é relembrar a luta do Piauí por sua independência, além de reconhecer o trabalho e serviços prestados por alguns profissionais no Estado e condecorá-los. Dentre os homenageados estavam forças da segurança, lideranças políticas, professores, jornalistas, secretários municipais e outros.

“Nessa nova independência, que cada cidadão tenha oportunidade de trabalho e uma vida digna. Então viemos agradecer a Deus pela data, pelos nossos ascendentes e pedir sabedoria para governar este estado, sem nunca esquecer que a prioridade são os mais pobres”, disse.

Rafael Fonteles anunciou ainda que um monumento em alusão à Independência será inaugurado em breve no município de Piracuruca, na Lagoa do Jacaré, que foi palco de muitas lutas em prol da liberdade do povo piauiense. “Assim como temos em Campo Maior, por conta da Batalha do Jenipapo, teremos aqui. Esse é um projeto nosso desde o PRO Piauí, que agora como governador, terei a oportunidade de contratar, fazer e inaugurar”.
Nesta segunda-feira (23) e terça-feira (24), em Oeiras, o governador dá continuidade às atividades em comemoração aos 200 anos da Independência.


Flash Yala Sena (com informações da Secom)
[email protected] 

Imprimir