Cidadeverde.com
Entretenimento

Avatar: O Caminho da Água ultrapassa US$ 2 bilhões em bilheteria mundial

Imprimir

Avatar: O Caminho da Água, de James Cameron, liderou as vendas de ingressos nos cinemas pelo sexto final de semana consecutivo, tornando-se o primeiro filme a ter um reinado tão sustentado no topo das bilheterias desde Avatar, de 2009.

O longa, da Walt Disney Co., somou US$ 19,7 milhões nos cinemas dos Estados Unidos e Canadá no fim de semana, de acordo com estimativas do estúdio no domingo. Seu total global já ultrapassou US$ 2 bilhões, colocando-o em sexto lugar de todos os tempos e logo à frente de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa. Internamente (nos EUA e Canadá), O Caminho da Água faturou em bilheteria US$ 598 milhões. As vendas internacionais robustas e contínuas (US$ 56,3 milhões só no fim de semana) ajudaram a impulsionar a sequência de Avatar para US$ 2,024 bilhões em todo o mundo.

Um ano atrás, Homem-Aranha: Sem Volta para Casa também liderou as bilheterias por seis fins de semana , mas o fez ao longo de sete semanas. Você tem que voltar ao Avatar original de Cameron para encontrar um filme que ficou em primeiro lugar por tanto tempo. (Avatar finalmente atingiu o pico em sete semanas.) Antes disso, o único filme nos últimos 25 anos a conseguir o feito foi outro filme de Cameron: Titanic (1997) ficou invicto por 15 semanas.

O Caminho da Água agora atingiu uma meta que o próprio Cameron estabeleceu para a caríssima sequência. Antes de seu lançamento, Cameron disse que se tornar "o terceiro ou quarto filme de maior bilheteria da história" era "seu ponto de equilíbrio".

O domínio de bilheteria de O Caminho da Água foi ajudado, em parte, por uma escassez de adversários formidáveis. O único grande lançamento de um grande estúdio no fim de semana foi o thriller Missing, da Screen Gems e Stage 6 Films da Sony. Uma sequência de baixo orçamento de Buscando..., de 2018, estrelada por Storm Reid como uma adolescente em busca de sua mãe desaparecida, Missing se desenrola nas telas de computador. O filme, orçado em US$ 7 milhões, estreou com US$ 9,3 milhões.

Janeiro é tipicamente um período lento nos cinemas, mas um punhado de remanescentes de forte desempenho ajudaram a impulsionar as vendas.

Embora não tenha estreado muito em dezembro, Gato de Botas 2: O Último Pedido, da Universal Pictures, teve pernas longas como uma das únicas opções para famílias nos cinemas no último mês. Em sua quinta semana, ficou em segundo lugar com US$ 11,5 milhões no mercado interno e US$ 17,8 milhões no exterior. A sequência de Gato de Botas arrecadou US$ 297,5 milhões globalmente.

O assustador hit de terror de bonecas M3gan, da Universal, também continuou a atrair espectadores. Arrecadou US$ 9,8 milhões em sua terceira semana, elevando sua arrecadação doméstica para US$ 73,3 milhões.

E, embora a popularidade dos títulos de terror nos cinemas não seja novidade, O Pior Vizinho do Mundo, da Sony Pictures, estrelado por Tom Hanks, floresceu em um mercado que está em busca de dramas voltados para adultos. O filme, um remake do filme sueco Um Homem Chamado Ove, sobre um homem aposentado cujos planos de suicídio são continuamente frustrados por seus vizinhos, arrecadou US$ 9 milhões em sua segunda semana de lançamento. Arrecadou US$ 35,3 milhões no mercado interno até domingo.

Conheça as maiores bilheterias da história do cinema

1 - Avatar (US$ 2,847 bilhões)

2 - Vingadores: Ultimato (US$ 2,797 bilhões)

3 - Titanic (US$ 2,201 bilhões)

4 - Star Wars: O Despertar da Força (US$ 2,069 bilhões)

5 - Vingadores: Guerra Infinita (US$ 2,048 bilhões)

6 - Avatar: O Caminho da Água (US$ 2,024 bilhões)

7 - Homem Aranha: Sem Volta para Casa (US$ 1,832 bilhão)

8 - Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (US$ 1,67 bilhão)

9 - O Rei Leão (2019) (US$ 1,662 bilhão)

10 - Os Vingadores (US$ 1,518 bilhão)

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir