Cidadeverde.com
Últimas

Pesquisa revela quais foram os principais patrocinadores do futebol em 2022

Imprimir

Imagem de SeppH por Pixabay

Todo ano há novidades no futebol. Não apenas os clubes mudam de atletas e apresentam resultados diferentes como os patrocinadores acompanham tudo isso. O lançamento do mapeamento de 2022 do Instituto IBOPE Repucom comprova essa ideia. 

Em 2022, a série A do Campeonato Brasileiro teve 8% menos de marcas expostas do que em 2021. Ao todo, 159 marcas de diferentes nichos patrocinaram os clubes. O que tem se percebido é que não apenas as empresas relacionadas com o esporte estão investindo no futebol. Para aproveitar que tantas pessoas assistem aos jogos, vários mercados têm enxergado a modalidade como um novo canal de divulgação. 

Marcas que mais patrocinaram o futebol

O levantamento do Instituto IBOPE Repucom indicou quais marcas mais patrocinaram a Série A em 2022. A líder foi a Pixbet, empresa do ramo de apostas esportivas, seguida pela Unimed e pela BitCi, uma plataforma de criptomoedas. 

A pesquisa considerou em quantas camisetas as empresas aparecem. A Pixbet, que foi a primeira colocada, estava em 6, a Unimed em 5 e a BitCi em 4. 

No total, o estudo observou que 5 setores econômicos estão se destacando quando o assunto é patrocínio no futebol. São eles: imobiliário, construção e acabamento; financeiro, apostas esportivas; saúde e varejo. 

Até poucos anos, era mais comum ver as camisetas dos jogadores estampadas com marcas esportivas ou de grandes instituições financeiras. Porém, aos poucos, o mercado está enxergando como o esporte, principalmente o futebol, pode ser uma grande oportunidade para se aproximar do público. 

A ascensão das casas de apostas e cassinos online

Desde que o Brasil começou a flexibilizar a prática das apostas esportivas, em 2018, o mercado de apostas percebeu o quanto poderia investir no mercado brasileiro. Amante dos esportes, a população brasileira pode unir a paixão por acompanhar alguma modalidade e ainda dar palpites para concorrer a prêmios. 

O investimento maior nas casas de apostas e cassinos também foi refletido na pesquisa de 2022. Ao longo do ano, a Série A recebeu 45% mais de patrocínio de empresas desse ramo em relação a 2021. Várias empresas foram estampadas nos uniformes dos atletas, incluindo a Betano, que está entre as melhores cassinos online da atualidade. 

Maiores destaques

Assim como a televisão tem um horário nobre, que é o horário mais assistido e, consequentemente, mais caro para ser comprado pelas empresas, os uniformes possuem áreas nobres. Ou seja, os espaços mais destacados do vestuário valem mais. 

A pesquisa revelou que as empresas de apostas esportivas foram as que mais investiram nesse que se chama patrocínio master. Esses sites ocuparam 11 posições nobres, seguidos pelas empresas do setor financeiro com 8. 

Vale notar ainda que muitos dos patrocínios mudaram ao longo do tempo, e que dependendo da parte da camiseta houve maior diversidade de marcas. Por exemplo: na parte da frente superior das peças apareceram 34 patrocinadoras. Nessa região específica, os clubes São Paulo, Botafogo, Bragantino e Cuiabá não fazem parceira. 

Por sua vez, as costas foram a região em que houve parceria mais forte. Dos clubes da Série A, 16 encerraram o ano com contrato ativo, o que demonstra o quanto o investimento tem sido satisfatório para as empresas. Porém, assim como a frente superior, existem clubes que não têm patrocinadores nessa parte, como o paulista Corinthians e o carioca Botafogo. 

Como se percebe, o futebol continua sendo um entretenimento de bastante relevância para todos. Além do público que se diverte, as empresas ganham ao verem as marcas nos uniformes dos atletas. No entanto, ainda há muito espaço para investimentos, até porque, alguns clubes ainda não possuem patrocínio para algumas partes das camisetas. 


Da Redação
[email protected]

Imprimir