Cidadeverde.com
Geral

Corso terá reforço de mil policiais em patrulhamento aéreo e pelo rio

Imprimir

Foto: arquivo Cidadeverde.com

O Centro Integrado de Segurança será montado na Avenida Raul Lopes, na zona Leste de Teresina, para o Corso que será realizado neste sábado (11). Ao todo,  mil agentes de segurança, entre policiais militares, civis e Corpo de Bombeiros. O patrullhamento será reforçado com equipes da cavalaria, bike patrulhamento, policiamento fluvial, batalhão de policiamento aéreo, com o uso do helicóptero da PM, além de motocicletas, viaturas e o policiamento a pé para garantir a segurança dentro do evento e em todo o entorno.

Entre os mil a agentes de segurança, 550 são alunos que estão em fase de conclusão do curso de formação de Soldados e Oficiais da Polícia Militar.

O esquema de segurança não contempla somente a avenida da folia. 800 policiais militares estarão em pontos estratégicos com uso de 12 elevados de observações distribuídos ao logo do percurso.

O coordenador geral de operações da PMPI, tenente-coronel Jackson Galvão, enfatiza que todas as modalidades de policiamento serão empregadas. "Com essa volta das atividades festivas depois da pandemia, a gente espera que o público possa se deslocar para o Corso de Teresina e fazer uma brincadeira saudável, com segurança no local e nas proximidades. Vamos realizar vistoria nos foliões para evitar o porte de armas ou objetos perfurantes, além de está proibido o uso de carros de som e garrafas de vidro no local do evento e entorno", ressaltou o tenente-coronel. 

No Centro Integrado de Segurança a população poderá realizar boletim de ocorrência e contará com um espaço próprio para instalação da Delegacia da Mulher. Em parceria com a Segurança, a Secretaria da Mulheres estará presente no espaço para auxiliar no atendimento com uma rede de apoio psicológico e social em caso de atendimento as vítimas. A Patrulha Maria da Penha também estará disponível para realização de ocorrências.  

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir