Cidadeverde.com

Marília Mendonça e Hugo & Guilherme lideram as mais ouvidas no streaming

Imprimir

Foto: Will Dias/AgNews

A Pró-Música Brasil, entidade que representa os interesses dos produtores fonográficos brasileiros, divulgou nesta terça-feira, dia 21, a lista das 200 músicas mais executadas nas plataformas de streaming no País. Mal Feito, encontro da dupla Hugo & Guilherme com a cantora Marília Mendonça (1995-2021) encabeça o ranking que leva em conta as principais plataformas de streaming disponíveis no Brasil.

A canção, lançada em um projeto da dupla, três meses após a morte precoce da cantora, já havia aparecido em primeiro lugar em um ranking divulgado pelo Spotify no ano passado.

Marília aparece ainda na terceira posição, com Vai Lá em Casa Hoje, em participação na gravação de George Henrique e Rodrigo, e também na 16ª posição com a canção Esqueça-me se for capaz, que divide com a dupla Maiara & Maraísa. E, novamente com a dupla feminina, na 26ª posição, com a gravação de Presepada.

O rapper carioca Xamã está em segundo no ranking com a canção Malvadão 3, única capaz de vencer a hegemonia do sertanejo entre as nove primeiras posições.

L7nnon, outro representante do rap/trap, aparece na 20ª posição com Ai, Preto. O hit mundial Envolver, de Anitta, está na 28ª posição. A cantora aparece outras três vezes na lista que ainda traz nomes como Luiza Sonza (10ª, com Sentadona S2 ao lado de Davi Kneip, Mc Frog e DJ Gabriel do Borel) e Gloria Groove (46ª, com Vermelho).

A lista dos 200 primeiros lugares traz duas informações importantes. Primeira: o sertanejo pop ainda é o gênero mais ouvido no Brasil - apesar do avanço do rap, trap e do funk - com artistas como Gusttavo Lima, Luan Santana, Jorge & Mateus, Zé Felipe e Henrique & Juliano. Segunda: a primeira canção estrangeira aparece apenas na 35ª posição. É As It Was, de Harry Styles, que está isolada em uma lista dominada por músicas brasileiras.

Mercado fonográfico brasileiro em alta

Dados divulgados pela Pró-Música Brasil mostram que o mercado fonográfico brasileiro, pelo sexto ano consecutivo, apresentou crescimento em seus valores totais. Em 2022, o setor arrecadou R$ 2,526 bilhões (US$ 489 milhões), crescimento de 15,4% em relação ao ano anterior.

As plataformas de streaming "on demand" lideram com folga a principal fonte de receita para a indústria fonográfica brasileira, representando 86,2% do total de faturamento em 2022

As vendas digitais e físicas totalizaram R$ 2,2 bilhões em 2022. As receitas de execução pública para produtores, artistas e músicos somaram R$ 323 milhões, um aumento de 15,3% em relação a 2021. O mercado fonográfico brasileiro quase dobrou o seu faturamento nos últimos quatro anos (2019 a 2022).

Esse resultado fez com que o país avançasse de da 11ª posição em 2021 para a 9ª posição em 2022 no ranking mundial da IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica). O Brasil é o maior mercado da América Latina.

Segundo Paulo Rosa, diretor executivo da Pró-Música, mais do que crescimento, o mercado de música no Brasil está em recuperação. Isso porque ele já chegou a faturar US$ 1,3 bi entre 1996 e 1997, antes da indústria fonográfica sofrer com a fragilização do mercado em virtude de fatores como a pirataria de CDs e as mudanças de hábito do consumidor com o compartilhamento de arquivos no início dos anos 2000.

"O modelo do streaming, quando foi implantado aqui no Brasil, assim como ocorreu em outras partes do mundo, começou a ganhar espaço e passou a monetizar a utilização da música na internet nesse modelo totalmente novo e acessível ao consumidor", diz o executivo.

Para Rosa, aqui no Brasil, o streaming se beneficiou no período da pandemia quando as apresentações musicais presenciais foram interrompidas e as lives e os produtos criados para o audiovisual impulsionaram ainda mais o mercado digital.

"Ficando em casa, as pessoas consumiam música online. Para isso, buscaram as plataformas e fizeram as assinaturas. A boa notícia é que em 2022, o primeiro ano pós-pandemia, não houve o decréscimo nessas assinaturas, pelo contrário, houve a continuidade do crescimento, tanto pago quanto no acesso pago, quando a remuneração vem por meio de propagandas", explica.

As receitas com vendas físicas representaram apenas 0,5% do faturamento do mercado fonográfico brasileiro em 2022, totalizando R$ 11,8 milhões, uma queda de 3% em relação ao ano anterior. O Brasil está na 37ª posição mundial.

CD, DVD e vinil

O CD foi o formato mais comercializado com faturamento de R$ 6,7 milhões, seguido pelo vinil com R$ 4,7 milhões e, por último, o DVD, com vendas de R$ 0,4 milhão.

Com o crescente encolhimento da mídia física, formatos como o CD e o vinil se tornam cada vez mais objetos direcionados a um nicho de consumidor. Muitas gravadoras já não lançam mais álbuns em CD.

A Sony Music, por exemplo, não colocou no mercado brasileiro, em CD, os mais recentes álbuns de Caetano Veloso e Marisa Monte - eles foram lançados, nesse formato, apenas no exterior.

Outras gravadoras, como a Universal Music, investem em relançamentos em vinil, como discos de Rita Lee, Gal Costa, Gilberto Gil e Elis Regina, ou em fan boxes, quando o CD é comercializado juntamente com agenda e outros souvenires.

"Isso também se deve ao fato da deterioração dos canais de venda Atualmente, quase não se encontram canais de venda de música em formato físico. As que persistem, são muito especializadas e, de fato, caminham para ser um nicho", diz Rosa, que acredita que o vinil, apesar de muito valorizado, seguirá pelo mesmo caminho nos próximos anos.

As 50 músicas mais tocadas no streaming no Brasil:

1 - Mal Feito (Ao Vivo) - Hugo & Guilherme, Marília Mendonça

2 - Malvadão 3 - Xamã, Gustah & Neo Beats

3 - Vai Lá Em Casa Hoje - (feat. Marília Mendonça) George Henrique & Rodrigo

4 - Bloqueado (Ao Vivo) - Gusttavo Lima

5 - Molhando o Volante - Jorge & Mateus

6 - Termina Comigo Antes - Gusttavo Lima

7 - Malvada - Zé Felipe

8 - Balanço da Rede - Matheus Fernandes & Xand Avião

9 - A Maior Saudade (Ao Vivo) - Henrique & Juliano

10 - Sentadona S2 - Davi Kneip, Mc Frog, Dj Gabriel do Borel & Luísa Sonza

11 - Arranhão (Ao Vivo) - Henrique & Juliano

12 - Haja Colírio - (feat. Hugo & Guilherme) (Ao Vivo) Guilherme & Benuto

13 - Pipoco - Ana Castela, Melody & Dj Chris No Beat

14 - No Ouvidinho - Felipe Amorim

15 - Dançarina - Pedro Sampaio & Mc Pedrinho

16 - Esqueça-Me Se For Capaz - Marília Mendonça, Maiara & Maraisa

17 - Parada Louca - Mari Fernandez & Marcynho Sensação

18 - Abalo Emocional (Ao Vivo) - Luan Santana

19 - Cê Tá Preparada (Ao Vivo) - (feat. Marilia Mendonça) Tayrone

20 - Ai Preto - L7NNON, DJ Biel do Furduncinho & Bianca Warn

21 - Pandora - (feat. MC GP & Vulgo FK) DJ Matt D & Menor

22 - 212 - Chefin Oficial & Mainstreet

23 - Comunicação Falhou (Ao Vivo) - Mari Fernandez & Nattan

24 - Vampiro - Matuê, WIU & Teto

25 - Casei Com a Putaria - (Feat Love Funk) Mc Paiva ZS & MC Ryan

26 - Presepada Marília Mendonça, Maiara & Maraisa

27 - Erro Planejado (Ao Vivo) - Luan Santana, Henrique & Juliano

28 - Envolver - Anitta

29 - Acordo (Ao Vivo)- Henrique & Juliano

30 - Tchuco Nela - MC Rogerinho & Wesley Safadão

31 - Todo Seu (Ao Vivo)- Jorge & Mateus

32 - Toma Toma Vapo Vapo - Zé Felipe & Mc Danny

33 - Ameaça - Paulo Pires, Mc Danny & Marcynho

34 - Botadinha Saliente - MC Rogerinho

35 - As It Was - Harry Styles

36 - Eu Gosto Assim (Ao Vivo) - Gustavo Mioto & Mari Fernandez

37 - Fim De Semana No Rio - Teto Mc

38 - Fala Mal de Mim (Ao Vivo) - Gusttavo Lima

39 - Eu Já Tava Bem (Ao Vivo) - Wesley Safadão

40 - Dengo - João Gomes

41 - Meu Número (Ao Vivo) - Hugo & Guilherme, Jorge & Mateus

42 - Gatilho (Ao Vivo) - Matheus & Kauan

43 - Vermelho - Gloria Groove

44 - Imagina A Sentada (Ao Vivo) - Matheus & Kauan

45 - Me Sinto Abençoado - (Feat Ajaxx) Mc Poze do Rodo, Filipe Ret & Mainstreet

46 - Melhor Ser uma Saudade - Zé Neto & Cristiano

47 - Galopa - Pedro Sampaio

48 - Bandido - Zé Felipe & MC Mari

49 - Áudio Que Te Entrega - Leo Santana, Mc Don Juan & Mari Fernandez

50 - Todo Mundo Menos Você - Marília Mendonça, Maiara & Maraisa

Fonte: Estadão Conteúdo

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais