Cidadeverde.com
Política

PI adota novo protocolo para controle da "gripe suína"

Imprimir
O secretário estadual de Saúde, Assis Carvalho, anunciou que o Piauí está adotando um novo protocolo de procedimentos para o manejo de casos de infectados e pessoas que tiveram contatos com infectados sobre a gripe A, popularmente conhecida como gripe suína. Os dois pacientes, vindos da Argentina, que tiveram confirmada a sua infecção já serão tratados seguindo as novas normas.
 

De acordo com Assis Carvalho, os pacientes, um homem e uma mulher jovens, estão sendo tratados em casam e recebem acompanhamento médico e medicação. Os familiares dos pacientes também estão sendo monitorados. Ambos não podem sair de casa, têm de usar máscaras o tempo todo e evitar contato com outras pessoas. “Apesar de o vírus estar circulando no Brasil não foi confirmado nenhum caso de óbito”, ameniza o secretário.

Protocolo

Até ontem, todos os casos suspeitos recebiam o medicamento fosfato de oseltamivir até 48 horas após o surgimento dos sintomas.

A partir de agora, receberão o medicamento oseltamivir as pessoas que apresentarem estado grave de saúde nas primeiras 48 horas do surgimento dos sintomas. Além disso, serão medicadas preventivamente crianças com menos de 2 anos, idosos e pessoas com AIDS, câncer, diabetes, cardiopatia, doença pulmonar ou renal crônica que apresentem os sintomas.

Segundo o ministério, se o remédio continuasse a ser dado indiscriminadamente, haveria possibilidade de desenvolvimento de vírus resistentes ao tratamento.

O ministério informou que há grande estoque do remédio. Para uso imediato, há cerca de 10 mil medicamentos, que estão sendo enviados aos Estados de acordo com a necessidade.

Tags:
Imprimir