Cidadeverde.com
Economia

PIB do Piauí alcança crescimento de 6,2%, maior que a média nacional

Imprimir

Foto: Ccom

Por Adriana Magalhães 

O Produto Interno Bruno do Piauí alcançou um crescimento de 6,2% em 2021. No estado, o valor total foi de R$ 64 bilhões. Já o PIB do Brasil foi de R$ 9 trilhões no mesmo período, um crescimento de 4,8%. O crescimento verificado no Piauí é o maior da série histórica acumulado do Nordeste (2002 a 2021) e o 4º maior do país (93,5%). 
 
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB do Piauí alcançou crescimento significativo no período.

"O resultado de 2021 foi significativo, já que o estado manteve a dinâmica de crescimento acima do verificado na média nacional", destaca José Tavares, gerente de planejamento e gestão do IBGE. 

O estado também apresentou o segundo maior crescimento percentual no PIB per capita do país. O crescimento foi de 697,5%. O PIB per capita do estado foi de R$ 19.465,69 em 2021 (variação nominal de 13,3%),  e equivale a 46,1% do valor do PIB per capita do país.

NA.png

A média nacional de crescimento do PIB ficou em torno de 4,8%, enquanto o Piauí alcançou a marca de 6,2% de variação de volume e 5,8% na variação de valor adicionado.

A média histórica, que começou a ser medida sem 2002, aponta que o Piauí vem mantendo a dinâmica de crescimento do PIB e, ainda, a tendência de alcançar crescimento acima da média nacional. 

"Esse resultado é interessante porque estamos vindo de uma retração de PIB, em virtude da pandemia. De 2015 para cá tivemos retração econômica nacional, em 2015 e 2016, e estadual em 2019 e 2020, e o estado não conseguiu nestes anos ter PIB significativo e agora, neste momento alcançou uma média de crescimento de 6,2% um número bastante significativo", frisa Tavares.

Áreas de destaque foram a agropecuária e o setor de energia renováveis: eólica e solar.

"A agropecuária cresceu mais de 400% e a energia renovável, é um verdadeiro fenômeno no país, cresceu mais de 800% de 2002 a 2021. E são áreas em expansão", diz.

O setor mais importante por empregar mais é o de serviços, que teve uma média de 72%. A administração pública está dentro deste setor e é responsável por um terço dele. O comércio segue responsável por cerca de 15% do PIB.

jfd.png

 

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais
Tags: PIBIBGEpiaui