Cidadeverde.com
Geral

Jovem que morreu dentro de carro no HUT tinha sido ameaçado por rivais pelas redes sociais em Teresina, diz DHPP

Imprimir

Foto: Breno Moreno/Cidadeverde.com 

Adailton dos Santos, de 18 anos, que foi assassinado na última sexta-feira (17), seria integrante de uma facção criminosa e já tinha sido ameaçado por membros de grupos rivais na zona Sul de Teresina. O jovem chegou a ser socorrido pelo sobrinho e levado de carro até o pátio do Hospital de Urgências de Teresina (HUT), mas não resistiu. 

Veja também: 

O delegado Danúbio Dias, do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), informou que o jovem estava com o tio e um vizinho em frente a uma residência na Palitolândia, quando foi atingido com disparos de arma de fogo.

Foto: Bárbara Rodrigues/Cidadeverde.com 

"Ele estava conversando com esse tio e vizinho quando dois indivíduos pararam em frente à vítima e disseram que ele era o alvo. A vítima foi atingida com os disparos e, em seguida, eles fugiram. O tio dele pegou um carro, colocou a vítima nele e tentou socorrer para o HUT, mas quando chegou lá, os médicos constataram que ele estava em óbito, por isso o corpo dele ficou lá no veículo para ser periciado", explicou.

Com a vítima, foram encontradas no seu bolso 23 trouxinhas de maconha, dando a entender que ele comercializava drogas.

Segundo o delegado, Adailton já tinha sido ameaçado por membros de uma facção rival, e a polícia teve acesso inclusive a uma imagem da vítima que circulou nas redes sociais afirmando que ele seria o próximo alvo.

Foto: Reprodução/redes sociais 

"Familiares da vítima informaram que ele era membro de uma facção. Também tivemos acesso a mensagens onde a vítima era claramente ameaçada por uma facção rival. Tivemos acesso a uma foto da vítima, e nela tinha uma legenda dizendo que o fim dele estava próximo, então podemos definir que foi uma briga entre facções", destacou Danúbio Dias.

A polícia destacou que já tem um suspeito pelo crime. "Temos um suspeito, estamos tentando localizar. Já é inclusive procurado aqui em outra investigação de homicídio, ele é procurado desde o segundo semestre por envolvimento em organização criminosa e homicídio, e vamos tentar confirmar a participação dele nesse caso", informou.

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais