Cidadeverde.com
Últimas

"Niède é um patrimônio vivo do País", diz W. Dias

Imprimir
O governador Wellington Dias (PT) afirmou nesta sexta-feira (3), ao encerrar o Congresso Internacional de Arqueologia e Arte Rupestre Global Rock Art, que a arqueóloga Niède Guidon não fez apenas pesquisas em São Raimundo Nonato, mas também construiu uma nova cultura universal de defesa do patrimônio da humanidade.
 

O Global Rock Art, que começou na última segunda-feira, reuniu durante toda a semana em São Raimundo Nonato, na região Sudeste do Piauí, mais de 800 estudiosos dos cinco continentes. “Foi o maior e melhor congresso já promovido pelo Ifrao em todos os tempos”, garante o português Luiz Miguel Oostembeek, secretário-geral da União Internacional de Pré-História da Unesco.

Wellington Dias lembrou que o Piauí é um Estado de grande potencial nos setores de mineração, alimento e turismo, mas disse que o Estado é rico mesmo é pelo patrimônio cultural que possui e por preservar suas raízes. “Aqui viveu uma das mais avançadas e modernas civilizações da humanidade”, garante.

O governador adiantou que o Global Rock Art foi como um despertar para todos, e serviu também para provar que é possível se organizar um evento de qualidade quando há soma de esforços. “Esse congresso fez o Piauí, o Brasil e o mundo descobrirem a Serra da Capivara”.
 

Ele disse que o governo está trabalhando para retirar a região do isolamento, com a construção de estradas, sistemas de abastecimento d’água, reforço na rede de distribuição de energia elétrica e na expansão do conhecimento, oferecendo condições de estudo a todos e em todos os níveis.

Citou que São Raimundo Nonato já conta com a Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Universidade Federal do Piauí (UFPI) e Universidade do Vale do São Francisco (Univasf) e passará a contar com cursos técnico e superior do Instituto Federal de Educação Tecnológica(Ifete) e com a Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Wellington Dias falou da importância do aeroporto de São Raimundo Nonato e disse que com a ampliação da pista em mais 850 metros ele terá condições de receber qualquer pessoa, de qualquer parte do mundo.

O governador adiantou que a responsabilidade do Piauí é muito grande por cuidar de um patrimônio da humanidade, mas acredita que com o Global Rock Art mais pessoas passarão a compor o exército da professora Niède Guidon em defesa do Parque Nacional da Serra da Capivara. “A Niède é um patrimônio vivo do Piauí, do Brasil e do mundo”, concluiu.

Da Redação
[email protected]

Tags:
Imprimir