Cidadeverde.com

Sílvio Mendes defende que plano diretor tem solução para transporte coletivo

Imprimir

Por Roberto Araujo

O pré-candidato a prefeito de Teresina pelo União Brasil Sílvio Mendes defendeu que o Plano Diretor do Transporte Coletivo feito durante sua gestão seja resgatado para solucionar o problema do transporte público na capital. Ele deu a declaração em entrevista à TV Cidade Verde nesta terça-feira (23).

"O plano diretor do sistema de transporte coletivo e do sistema viário foi feito na minha gestão por um piauiense chaamado Santana, engenheiro de tráfego, que fez BrasÍlia, Curitiba e Rio de Janeiro. Ele veio pessoalmente fazer o nosso, ele tem começo, meio e fim, identifica os problemas, as pontes onde deverão ser construídas, as avenidas, as ruas carregadas, e nessa proposta ela tem, por exemplo, a possibilidade de encurtar o tempo de quem mora no grande Dirceu para o centro em 24 minutos, porque praticamente uma hora ido e voltando", disse.

O pré-candidato também disse que não acha exequível a proposta que Fábio Novo tem citado de implementar uma tarifa zero para o transporte de Teresina, e citou que a capital adota uma "tarifa social", que é um preço único mesmo para diferentes distâncias.

"Teresina tem uma coisa que não é comum nas capitais, que é uma tarifa social, que foi feita pelo Wall Ferraz e até hoje é mantida, mesmo com sistema ruim, mas é mantida. Você mora na Vila Irmã Dulce ou no Jockey, e para ir ao centro da cidade, é o mesmo preço. Qual a importância? Que quem mora mais distante, supostamente, tem poder aquisitivo menor, e precisa mais do transporte público (...) Transporte de graça em Teresina, não tem margem , a prefeitura não tem margem", disse.

Foto: Fernanda Ito Ota / Cidadeverde.com

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais