Cidadeverde.com

Justiça climática: Viver+Teresina investe R$ 8 milhões em parque para população vulnerável em parceria com Agenda 2030

Imprimir

Foto: Viver + THE


Obra sendo realizada às margens da lagoa de onde foi retirado muito lixo 


O programa Viver+Teresina está iniciando um investimento de R$ 8 milhões na construção de um parque no bairro São Joaquim, zona norte de Teresina, com o objetivo de atender a uma demanda por justiça climática e adaptação da região para os extremos de calor e chuvas. 

O parque será instalado no entorno da lagoa do São Joaquim, próximo a escolas, creches e quintais de casas do bairro.

Antes da realização da obra, foi instalado um pequeno parque a partir de recursos doados por uma organização não governamental da Holanda, a Van Leer, que desenvolve ações globais para a primeira infância, através da iniciativa Urban95. Teresina faz parte dessa rede, que no Brasil é coordenada pelo CECIP Centro de Criação de Imagem Popular.  Foi constatado, a partir daí, a grande necessidade daquela população por espaços qualificados de lazer e socialização. 

Agora com esse investimento, o engenheiro do Viver + THE, Renan Gomes, afirma que, além da entrega do novo espaço, também serão feitas obras de drenagem urbana na região, a fim de preservar a segurança da comunidade em períodos de chuvas.

“Com a implantação do projeto, teremos instalações de galerias, jardins de chuvas, de bueiros inteligentes que contêm gaiolas para retenção de materiais sólidos, além de piso drenante para diminuir a incidência de inundação, e proporcionar um espaço mais adequado para as famílias” disse.


Projetos dos equipamentos que serão instalados

O principal público desse projeto são as crianças de 0 a 6 anos do CMEI Tia Mônica. De acordo com o Secretário Municipal de Educação, Reinaldo Ximenes, além dessa ação, como forma de garantir maior segurança das crianças, um dos objetivos para a unidade escolar, é a construção de uma nova entrada que interligue ao parque ambiental.

“Iremos fazer as melhorias fundamentais para esta unidade, vai ser criada o parque, e a entrada da unidade de ensino para as crianças terem um fácil acesso”, afirmou.

A diretora do CMEI, Lilian Raquel Santos, afirma que a elaboração do projeto teve como peça chave a inclusão das crianças com a escuta de suas ideias através de desenhos feitos em sala de aula. 

“Cada um fez um desenho, botaram o parque, muitas árvores, balanço, parque de diversão e jardim. O projeto em si abrange toda a comunidade, para os pais trazerem suas crianças à escola em um caminho arborizado com desenhos e o parquinho”, disse a diretora do CMEI.

Segundo o coordenador da Agenda Teresina 2030, Leonardo Madeira, as ações visam diminuir os impactos das crises climáticas dos últimos tempos, que têm sido causados por ação humana.

“Uma camada específica da população têm acesso a recursos, são pessoas mais favorecidas economicamente e podem se proteger do sol quente, das chuvas fortes. No entanto, os mais atingidos são os menos favorecidos financeiramente. Eles são o foco desse trabalho”, afirmou.

ClimaTHE24

A segunda edição da conferência do clima - o Clima THE24 - pretende ser um marco na mobilização da ação climática local, destacando a necessidade de uma resposta imediata e coordenada às mudanças climáticas. 

Esta iniciativa visa inspirar outras cidades a adotarem abordagens semelhantes, criando um efeito multiplicador que pode levar a mudanças significativas em escala global. 

O evento, que acontece de 27 a 29 de maio no Sesc Cajuína, busca não apenas educar, mas também empoderar a sociedade com o intuito de formar agentes ativos na transformação de suas comunidades.

Na primeira edição, realizada ano passado, foram realizadas na uma série de palestras e debates em mesa-redonda que abordaram as mudanças climáticas provocadas por altos índices de emissão de gases de efeito estufa em vários setores, incluindo indústria, transporte, energia, gestão de resíduos e agricultura. Durante o evento, também foram divulgados os resultados do Inventário de Emissões de GEE e da Análise de Vulnerabilidades Climática de Teresina.

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais