Cidadeverde.com

Vídeo: após matar pai, mãe e irmã, adolescente foi à padaria em SP

Imprimir

Imagens de câmeras de segurança obtidas pelo SBT News gravaram o adolescente de 16 anos que matou seus pais e sua irmã a tiros indo à padaria na manhã de sábado (18), um dia depois de cometer o crime em sua casa, na Vila Jaguara, bairro da zona oeste da cidade de São Paulo.

No vídeo, ele caminha pela rua, entra no estabelecimento, interage com os atendentes e faz a compra normalmente.

À Polícia Civil, o réu confesso afirmou não se arrepender do crime e disse que "faria tudo novamente". Ele seguiu a vida normalmente após efetuar os disparos e só relatou o ocorrido na noite de domingo (19), em ligação para a Polícia Militar.

Relembre o crime

O jovem pegou a arma do pai adotivo, Isac Tavares Santos, de 57 anos, e o aguardou chegar em casa após buscar a filha, Letícia Gomes Santos, de 16 anos, na escola.

Às 13h23, ele atirou na nuca de Isac. A adolescente ouviu o barulho do disparo e se aproximou para ver o que havia acontecido. Em seguida, foi morta com um tiro no rosto.

Mais tarde, às 19h, a mãe adotiva do adolescente, Solange Aparecida Gomes, de 50 anos, chegou em casa do trabalho. Ao encontrar o corpo do marido, ela foi morta com um tiro nas costas.

Em depoimento aos policiais, o autor dos disparos disse que estava com "muita raiva" dos pais porque eles inibiram seu acesso ao celular e ao computador e o chamaram de "vagabundo". Ele ainda contou que sempre se desentendeu com os pais, que eram adotivos.

Segundo uma fonte da Polícia Militar, que conversou de forma informal com o adolescente, ele planejava o crime "há anos". Depois da confissão, ele foi detido e encaminhado à Fundação Casa. Responderá pelos atos infracionais de homicídio, posse ilegal de arma de fogo e vilipêndio a cadáver.

 

Fonte: SBT News

Você pode receber direto no seu WhatsApp as principais notícias do CidadeVerde.com
Siga nas redes sociais