Cidadeverde.com
Geral

União: Polícia acredita que mãe planejou incêndio

Imprimir
Seguindo informações de populares, a polícia de União está trabalhando com a hipótese de que Francisca Assunção Costa teria premeditado o incêndio da própria casa no povoado Novo Nilo em União, nesta segunda (14). Dois dos filhos da vítima, Raimundo Douglas Costa Mourão, 3 anos e José Holanda Costa Mourão, 2 anos, faleceram com a mãe enquanto uma terceira criança, uma menina N. P. C. M., de 9 meses está em estado grave no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).
 

Leia também:

O Tenente Antonio Caxias da 4ª Companhia que investiga o caso, afirma que Francisca já estava comentando que iria tentar suicídio há alguns meses. A polícia foi acionada por volta das 23h40 e quando já chegou ao povoado que fica a 25 quilômetros da sede de União, a casa já havia sido consumida pelas chamas.
 

Desespero
A psicóloga Samira Mota que acompanha o caso, afirmou que Francisca tinha um quadro grave de depressão e estava há quatro meses sem tomar os remédios controlados. “Isso pode ter agravado o quadro”, analisa.

Segundo ela, o marido de Francisca, Raimundo Nonato da Costa Mourão, 27 anos, está muito abalado, sem vontade de comer ou mesmo beber água e teve de ser medicado com calmantes. “Vamos ter de acompanhar este caso mais de perto”, afirma a psicóloga. 

Irmã de Raimundo Nonato está na delegacia da cidade dando entrada na documentação para providenciar caixão das vítimas.

 
Flash de Caroline Oliveira e Yala Sena
Redação Carlos Lustosa Filho
Tags:
Imprimir