Cidadeverde.com
Esporte

Ex-vice da CBF elogia Dunga e diz que tentou trazer seleção ao Piauí

Imprimir
O ex-vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol - CBF -, Alfredo Nunes, esteve no Jornal do Piauí desta quarta-feira (3) para falar sobre seleção e Copa do Mundo. Ele elogiou o projeto da TV Cidade Verde, que já conta com correspondente na África do Sul para cobrir o Mundial, e relembrou momentos da sua passagem pelo órgão máximo do futebol brasileiro.


Para Alfredo Nunes, a TV Cidade Verde foi corajosa deu um passo a frente ao ter a jornalista Michele Wadja no país da Copa quatro meses antes do torneio - a emissora ainda irá enviar Herbert Henrique para a cobertura durante a competição. Segundo o dirigente, cobrir uma Copa do Mundo é um trabalho difícil, em função dos espaços limitados para tantos veículos de todo o planeta. 

Vice-presidente da CBF por 15 anos, o ex-prefeito de Regeneração teve de assumir a entidade interinamente, durante as eliminatórias da Copa do Mundo de 2002. Com problemas de saúde e investigado por uma CPI, o presidente Ricardo Teixeira pediu afastamento. Na época, Alfredo Nunes tentou trazer a seleção brasileira para Teresina. 

"Eu ia marcar para o Piauí, mandei fazei fazer uma inspeção no Albertão. Foi absolutamente negativa", lembrou o dirigente sobre a situação do estádio em 2001. O jogo decisivo foi levado para São Luís/MA, o Brasil venceu por 3 a 0, e se classificou para conquistar o Penta. Alfredo Nunes disse que se a seleção não tivesse garantido a vaga, teria sido linchado. Hoje, ninguém se lembra. 

Alfredo Nunes revelou ter sido consultado sobre a contratação de Dunga, em uma nova tentativa da seleção brasileira ser comandada por um ex-jogador. "Ele é um jogador preparado, tem uma liderança enorme, sabe o peso da seleção, e é um cidadão correto. E tem demonstrado isso. Com paciência, que ele não tem muito, mas desenvolveu e chegou lá", disse, bem humorado, elogiando a administração de vaidades e contas bancárias do grupo brasileiro. 

Mudanças no Piauí
Perguntado por um telespectador sobre possíveis mudanças na Federação de Futebol do Piauí, que teve sua administração questionada no início do ano, Alfredo Nunes não se mostrou contrário. "Renovação é sempre uma coisa salutar. Pode até mudar o comando, mas com uma pessoa que tenha experiência e entrosamento com a CBF", disse o dirigente, ligado ao presidente da FFP, Lula Ferreira. 

Fábio Lima
Imprimir