Cidadeverde.com
Esporte

Jesus Filho usa hino para motivar atletas e lança a "Olimpiauí"

Imprimir

Em seu discurso na abertura do projeto "Viva Piauí 2016", o diretor presidente do Grupo Cidade Verde, Jesus Tajra Filho, lembrou os heróis da Independência do Brasil e usou o Hino do Piauí para motivar os atletas. Após saudar todos no ginásio do Sesc Ilhotas, ao lado da judoca Sarah Menezes e da velocista Fernanda Araújo, ele puxou o grito de guerra de todos os presentes: "Nós podemos competir". 

Jesus Filho lembrou que piauienses, ainda que em menor número, conseguiram impedir que as tropas portuguesas dominassem o Estado. "Mesmo estando em desvantagem, mesmo sendo aparentemente mais fracos, eles não se importaram com isso e foram a luta", disse ao explicar o motivo da escolha do Dia do Piauí para lançar o novo projeto, que pretende motivar atletas e conseguir estrutura para que os mesmos possam disputar as Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016. 


O empresário usou um dos versos do Hino do Piauí para exaltar os atletas. "Possam vocês no treinamento fecundo e com fé fazer sempre melhor. Para que na Olimpíada de 2016 o Brasil seja ainda maior". Jesus Filho também anunciou para julho de 2011 a primeira Olimpiauí, evento que reunirá as modalidades olímpicas e motivará os atletas. Ele também prometeu apoio do grupo para as iniciativas das federações. "A TV Cidade Verde vai apoiar também todas as iniciativas que vocês fizerem pelos seus esportes, apoiando integralmente o esporte olímpico do estado do Piauí", declarou. 


Ao falar do trabalho a ser executado nos próximos anos, Jesus Filho falou das vertentes que precisam ser levadas em conta. "Nós precisamos, sim, contar com apoio do poder público, que vai ser chamado a participar conosco. O Piauí precisa de mais ginásios, mais quadras, condições de praticar os esportes", cobrou. 

Outra vertente é o apoio da iniciativa privada. "Talento existe em todo lugar, não escolhe lugar para nascer. A diferença talvez seja apenas mais recursos que eles (outros estados) têm do que nós", disse Jesus Filho, agradecendo ao Comercial Carvalho, Cimento Nassau, Facid, Anglo, Marko e Noroeste pelo apoio ao projeto, e convocando mais empresas a patrocinarem a iniciativa e os atletas. 







Fábio Lima
Imprimir