Cidadeverde.com
Últimas

Acusado de liderar bando que roubou banco em Luzilândia é de Teresina

Imprimir
Fotos: Thiago Amaral
Gildo foi preso em Teresina acusado de comandar a quadrilha

Ao contrário do que ocorreu em outros grandes assaltos a bancos no Piauí, quando quadrilhas de outros estados foram acusadas pelos crimes, o acusado de chefiar o roubo à agência do Banco do Brasil de Luzilândia é piauiense de Teresina. Gildo Inácio da Silva, conhecido como Bicudo, tem 32 anos e seria o responsável por toda a logística na ação ocorrida no último dia 3, que rendeu R$ 430 mil. Ele e outros quatro suspeitos foram presos nesta quarta-feira (18).

Também foram detidos José Oliveira da Costa, 25 anos, o Zezinho; Edilene Silva Moura, 30 anos, esposa de Zezinho; Mício Andrade Alves e Peterson Robson de Araújo, os dois últimos presos em Timon/MA. Durante uma das ações policiais para prender os acusados, uma viatura da Comissão Investigadora do Crime Organizado - CICO - foi atingida por dois tiros. 

Delegado Willame Moraes e a viatura que foi atingida na perseguição

De acordo com o delegado Willame Moraes, Gildo seria o responsável pelo levantamento, cobertura, distribuição de armas, escolha das cidades e rotas de fuga. Ele foi preso no parque Colorado, região do Dirceu Arcoverde, zona Sudeste de Teresina. Foram recuperados nas ações dois carros, um Punto e um Strada, uma moto, um revólver calibre 38 com numeração raspada, e R$ 31,7 mil em espécie. 

Carros apreendidos durante a ação policial

Já Zezinho teria participado do assalto a um posto da Polícia Rodoviária Federal de Valença em 2005. Patrulheiros foram rendidos e despidos. Suas roupas foram usadas pelos bandidos, que roubaram o banco do município. 

Zezinho é acusado de participar também de assalto em Valença
Yala Sena (flash da CICO)
Fábio Lima (da Redação)
Imprimir