Cidadeverde.com
Esporte

Pato é avaliado, e Seleção vai esperar pela recuperação

Imprimir
A Seleção Brasileira vai esperar por Alexandre Pato até o último minuto. Após deslocar o ombro esquerdo na última rodada do Campeonato Italiano, o atacante foi avaliado nesta quinta-feira, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, pelos médicos José Luís Runco, da Seleção Brasileira, e Michel Simoni, ex-Fluminense, e só terá a sua situação definida no dia 7 de junho, quando Mano Menezes divulgará a lista dos atletas que vão disputar a Copa América, entre 1º e 24 de julho, na Argentina.

Após as primeiras avaliações, os médicos mostraram otimismo quanto à participação do atleta na Copa América. Apesar disso, Runco preferiu não estipular um prazo para o retorno de Alexandre Pato aos gramados, mas fez questão de frisar que o diagnóstico e o tratamento sugeridos pelo Milan são os mesmos da Seleção Brasileira.

- A avaliação do Simoni, que é um especialista em ombros bateu com a avaliação do departamento médico do Milan. A linha de tratamento é a mesma. A lesão o tira dos próximos amistosos, mas é precipitado afirmar que ele está dentro ou fora da Copa América. Temos um período para fazer essa avaliação – afirmou Runco.

De acordo com Simoni, Pato vai iniciar o tratamento no Brasil para estar apto a disputar a Copa América. Porém, ainda não se sabe se ele permanecerá no Rio de Janeiro ou se fará todo o processo no Rio Grande do Sul.

- O objetivo é cumprir as tarefas para que ele não sinta mais dor. Normalmente, o deslocamento do ombro causa lesões em algumas estruturas, mas não foi o caso. A ideia é realizar um tratamento conservador, sem a necessidade de cirurgia – afirmou Simoni, que preferiu não confirmar se o prazo dado pelo Milan de até cinco semanas de recuperação é o mesmo estipulado pela Seleção.

Pato chegou ao consultório de Runco acompanhado do empresário Gilmar Veloz por volta das 14h30m, sem nenhuma proteção no ombro esquerdo. No bate-papo logo após a consulta, o atacante revelou que já sentiu evolução no quadro e que espera disputar a Copa América.



- Estou preocupado com a minha saúde. Quero fazer todo o tratamento certinho para estar bem lá na frente. Não quero me prejudicar, antecipar as coisas. Vou fazer o máximo para estar lá e 100% bem – afirmou o jogador.

Pato foi desconvocado pelo técnico Mano Menezes na última segunda-feira dos dois próximos compromissos da Seleção Brasileira. No dia 4, o time canarinho vai enfrentar a Holanda, no Serra Dourada, em Goiânia. Quatro dias depois, o jogo será contra a Romênia, no Pacaembu, em São Paulo. A partida marcará a despedida de Ronaldo da amarelinha.


Fonte: G1
Imprimir