Cidadeverde.com
Geral

Rone prende terceiro suspeito de participar de morte de policial militar

Imprimir
Uma equipe das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (Rone), sob o comando do tenente Monteiro, prendeu por volta das 9h deste domingo (7 ), mais um suspeito de participar do assalto a uma agência dos Correios no bairro Renascença, zona Sudeste de Teresina. Durante a ação, o policial militar que atendeu a ocorrência, Paulo Barbosa de Mesquita, 35 anos, foi alvejado com um tiro no olho que atingiu o cérebro e acabou falecendo.

Thiago Amaral/CidadeVerde.com

De acordo com o comandante das Rone, capitão Fábio Abreu, o suspeito, identificado apenas como Francisco, estava escondido em um matagal, na região do Deus Quer, zona Sudeste de Teresina. “Chegamos até ele próximo à localidade Sete Ladeiras a partir de denúncias de populares. Ele está todo ralado e ferido”, pontua o militar. 

Tenente Monteiro

Este é o terceiro suspeito de participação no crime. “Francisco” foi conduzido ao Distrito Policial. Anteriormente a Polícia Federal havia prendido três pessoas, entre eles, uma mulher que foi liberada por não ter participação na ação. Os demais acusados já presos são: Rafael Vieira da Silva, conhecido como "Vira Folha", 23 anos, e Wanderson Ferreira Neri Costa, 24 anos.

Leia também:
Policial militar morto em tentativa de assalto será velado no 8º Batalhão 
Quadro de policial militar baleado na cabeça segue gravíssimo, diz médico 
Policial continua em estado grave e respirando por aparelhos em UTI 
Presos três suspeitos de balear PM em assalto; Foragido estaria ferido 
Policial baleado perde olho e segue internado em estado grave 
Policial do 8º BPM é baleado no olho após assalto em agência dos correios 
PM leva tiro na cabeça em assalto com refém; Perseguição continua




Após ser velado durante toda a noite na casa da mãe, o corpo do soldado Paulo Barbosa de Mesquita  foi levado para o 8º BPM. Amigos e familiares vão ao local e prestam suas homenagens ao policial. 


Caroline Oliveira/Cidadeverde.com

Velório do policial, ocorrido na manhã de hoje (08), no 8º BPM, em Teresina

Uma missa será realizada no próprio Batalhão e o corpo será enterrado ainda nesta segunda no cemitério do Renascença às 16h.





Paulo era soldado desde 2000 e possui mais dois irmãos que também servem à Polícia Militar. Ele tinha uma esposa e dois filhos, uma menina de 3 anos e um menino de 9 anos. 





Caroline Oliveira
Carlos Lustosa Filho
Imprimir