Cidadeverde.com
Geral

Presos cavam buraco e tentam escalar muro para fuga em Picos

Imprimir
Uma tentativa de fuga em massa na penitenciária João de Deus Barros, no município de Picos, foi abortado na manhã de ontem. 11 presos teriam tentado fugir do Pavilhão C, do presídio após cavarem um buraco na cela 12 e tentar escalar o muro. 


A fuga foi abortada por volta das 3h40 pelos policiais militares da guarita e agentes penitenciários.  Segundo informações de agentes, que não quiseram se identificar, um militar de plantão conseguiu render dois detentos: Gilvan Silva Santos e Jucenildo Juvenal Pereira, no pátio do presídio.

Próximo a eles foram encontrados vários ferros, uma escada artesanal feita com cabos de vassouras e lençol e um material que seria usado para escalar o muro. Um túnel, que foi usado para saírem da cela, foi cavado ao lado da parede dos pavilhões. 


Ao entrarem no pavilhão, já com reforço policial, os agentes encontraram mais nove presos fora das celas 5, 6, 9 e 12. Na última foi encontrado o buraco que dava acesso ao lado de fora do pavilhão. 

Foram apreendidos cadeados quebrados, ferros utilizados para cavar o chão e quebrar as celas, uma tereza e a escada artesanal feito de lençóis e cabos de vassoura para a fuga.


Além dos dois presos encontrados fora das celas, foram identificados os outros nove como: Heli Alves da Silva, Jeferson Pereira de Almeida, José Dalmir Teixeira de Sousa, Fernando de Sousa Gabriel, Arianderson Jonhe Santos, Carlos Augusto Moreira de Morais, Leandro Ferreira dos Santos, Airton Pacheco de Moura e Fábio Gonçalves Magalhães.


Caroline Oliveira
Imprimir