Cidadeverde.com

Pais de crianças mortas em incêndio em Parnaíba podem responder por abandono de incapaz

Fotos cedidas ao Cidadeverde.com 

Os pais das duas crianças mortas após um incêndio em uma casa em Parnaíba na noite da última segunda-feira (17) podem ser responsabilizados criminalmente, já que nenhum dos dois estavam no local no momento da ocorrência, que ainda deixou uma outra filha do casal gravemente ferida.   

“Os pais ainda não foram ouvidos. A investigação preliminar aponta que as crianças estavam sozinhas no momento do fato. Se for confirmado, podem responder por abandono de incapaz com resultado em morte”, informou a delegada Daniella Dinali, responsável pelo caso, ao Cidadeverde.com.

A previsão da Polícia Civil é que os pais das crianças prestem esclarecimentos até a próxima semana. Os avós das vítimas estiveram na delegacia nesta terça-feira (18), mas não chegaram a prestar depoimento oficial por conta do abalo emocional. 

O incêndio causou a morte dos irmãos Maria Eloá, de 4 anos, e Francisco Aylan, de 6 anos. Francisca Aylla, de 7 anos, ficou gravemente ferida e permanece internada em estado grave Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). 

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o fogo começou por volta das 22h30. “Não identificamos nenhum material explosivo no local e também não houve nenhum relato de explosão”, informou o tenente Thauzer Rodrigues.

Segundo a delegada, a análise preliminar aponta para a possibilidade do incêndio ter sido causado por uma pane elétrica. “Ao que tudo indica foi um curto circuito, mas somente a perícia definirá a causa exata”, finalizou Daniella Dinali.

Breno Moreno
[email protected]