Cidadeverde.com

Aeronave da PF pousa no Piauí com suspeitos de distribuir drogas no litoral

Fotos: Proparnaiba

Cinco dos suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em tráficos de drogas no litoral piauiense foram trazidos para Parnaíba, nesta quinta-feira (16). Os investigados foram conduzidos pela Polícia Federal que desarticulou o grupo criminoso. A operação "Açougue" foi deflagrada na semana passada no Piauí, Goiás e no Distrito Federal.

A aeronave da PF com os suspeitos pousou no aeroporto João Silva Filho, em Parnaíba, no fim da tarde de ontem. Os investigados são de outros estados, mas participariam do grupo criminoso que atuava no litoral, enviando drogas ao Piauí. 

Os investigados foram identificados como Fabiano Silveira da Silva, preso em Caldas Novas (GO), acusado de ser o fornecedor das drogas que vinham do Paraguai; Ana Patricia Sousa dos Anjos, irmã dos acusados de chefiar a quadrilha, 'Zezin' e 'Luizin', presa em Brasília (DF) juntamente com seu marido, Antonio Paizinho Neto, juntos eles recebiam a droga enviada por Fabiano, conferiam e guardavam até repassarem aos transportadores designados pelos líderes da organização criminosa; Fernando Peres da Silva, preso em Anápolis (GO) e José Claudio Sales, preso em Teresina (PI), ambos também acusados de fornecer droga para a quadrilha no litoral do Piauí.

Com esses investigados, somam-se outros nove suspeitos presos quando a operação foi deflagrada no último dia (09). Ao todo foram cumpridos 14 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão. 

Segundo o chefe das investigações, delegado federal Marcos Roberto, todos foram encaminhados ao IML, submentidos a exame de corpo delito e encaminhados para a Penitenciaria Mista Fontes Ibiapina, em Parnaíba. 


De acordo com a PF, a quadrilha seria responsável por enviar ao Piauí mais de uma tonelada de drogas, ou seja 1000 quilos,  quantidade de entorpecentes apreendida durante a investigação. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com
Com informações Proparnaiba