Cidadeverde.com

Caixão com vitima da covid-19 entra em cemitério por cima do muro

 Francisca Chagas Borges

 

Um fato inusitado chamou a atenção de quem acompanhava o enterro Francisca Chagas Borges, 63 anos, na madrugada deste sábado (24) em São João do Piauí.  O caixão da professora aposentada, que morreu vítima de Covid-19 precisou ser transportado por cima do muro do cemitério para facilitar o acesso ao local onde ocorreria o sepultamento. 

O cortejo foi acompanhado por familiares e amigos que transmitiram o momento ao vivo nas redes sociais. A situação inusitada gerou questionamentos de internautas que comentaram as transmissões ao vivo. "Se não bastasse a dor de perder um ente querido, ser passada por cima do muro, com certeza tornou a dor bem maior. Não entendi isso", comentou uma internauta. 

Os vídeos e fotos do enterro da professora aposentada ganharam repercussão nas redes sociais e foram compartilhados em diversos grupos de Whatsapp da região. 

"O cemitério de São João está muito cheio e como a cova dela era bem próxima ao muro resolveram passar por cima, para facilitar o enterro. Mas foi com o consenso da família", relatou ao Cidadeverde.com a blogueira Gorete Baú, amiga de Chaguinha, como era conhecida a professora. 

Ainda de acordo com Gorete Baú, Francisca Chagas Borges era uma figura bastante conhecida em São João do Piauí. "Ela era uma pessoa que vivia na igreja, sempre cuidou dos pais e dos irmãos", destacou Gorete. 

São João do Piauí, distante cerca de 460 quilômetros de Teresina já registra até o momento 1005 casos confirmados e 25 óbitos por covid-19, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde. 

O Cidadeverde.com tentou contato com a prefeitura e a secretaria de Saúde de São João do Piauí, mas não obteve retorno.

 

Natanael Souza
[email protected] 

Detran inicia estudos para melhoria do trânsito em São João do Piauí

Foto: Ascom

Uma das solicitações do prefeito Ednei Amorim, quando esteve com o diretor  geral do Departamento Estadual de Trânsito(Detran/PI), Garcias Guedes, no início de fevereiro, foi a execução do projeto de sinalização para melhoria do trânsito em São João do Piauí. Naquela oportunidade, o prefeito entregou um projeto elaborado e solicitou a vinda de técnicos para estudos das necessidades do município.

"A vinda dos técnicos, que já estão em campo, é para levantamento in loco de quais mudanças serão implantadas", afirmou o prefeito, adiantando as intervenções que serão feitas, como "semáforos na Avenida Cândido Coelho, faixas de pedestres nas principais vias e ciclofaixas. Queremos mais segurança ao pedestre, como também aos ciclistas e motoristas".

Técnicos do órgão já iniciaram os trabalhos de avaliação e diagnóstico. No projeto, estão previstas melhorias na sinalização horizontal e vertical, implantação de ciclofaixas, assim como adequações de sentido de ruas.

De acordo com o diretor de Engenharia e Tráfego do Detran/PI, Washington Figueiredo, que durante todo o dia desta sexta(19) conheceu ruas e avenidas da cidade, "a equipe está avaliando todo sistema de trânsito e tráfego no município, um estudo preliminar das necessidades e ajustes que deverão ser adotados para o trânsito no município e assim, apresentar um projeto final".

O estudo está sendo feito com técnicos da Prefeitura, da Secretaria de Infraestrutura, Ciretrans e Comando da Polícia Militar. O projeto final será apresentado ao prefeito Ednei Amorim, ao diretor geral do órgão e ao governador Wellington Dias.

Da Redação
[email protected]

São João do Piauí sedia I Seminário de Apicultura do município

A Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí (Piauí Fomento) participou do I Seminário de Apicultura de São João do Piauí, realizado no último final de semana, nos povoados Grajaú e Lisboa, na zona rural do município. O evento foi promovido pela prefeitura local.

Como parte da programação do seminário, o presidente da Piauí Fomento, Luiz Carlos Everton de Farias, apresentou linhas de financiamento, produtos e serviços da instituição para apoiar o pequeno agricultor piauiense. “Além de ser uma das atividades mais rentáveis da agricultura familiar, a apicultura vem mudando a vida do pequeno agricultor e do microempreendedor no Piauí, daí a importância da agência trazer apoio ao setor e contribuir para o crescimento dessa região”, justificou Luiz Carlos.

A Piauí Fomento participou da programação do seminário a convite do prefeito de São João do Piauí, Ednei Amorim. “O evento é uma estratégia para mostrar que a apicultura é um segmento que dá certo e nós vamos potencializar a produção”, ressaltou o prefeito.

Segundo o IBGE, São João do Piauí produziu mais de 75 toneladas de mel em 2019. “Nossa missão é a de fomentar o desenvolvimento econômico por meio do crédito ”, concluiu Luiz Carlos Everton de Farias.

Da Redação
[email protected]

MPPI e Prefeitura de São João do Piauí avançam na implantação de Procon Municipal

Uma reunião virtual, realizada dia 21,  entre a coordenação estadual do Procon (Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor) e a Prefeitura de São João do Piauí resultou em avanços para a implantação de um Procon Municipal na cidade, cujo andamento havia sido prejudicado pela pandemia da Covid-19. A Secretaria de Administração do município se comprometeu a definir o prédio onde funcionará o órgão em até 90 dias.

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do coordenador do Procon Estadual, Nivaldo Ribeiro, e do promotor de Justiça da comarca, Jorge Luiz da Costa Pessoa, tem acompanhado o processo junto à Prefeitura Municipal. Os promotores destacaram a importância da existência do Procon Municipal de São João do Piauí para os consumidores da região, que facilitará o acesso dos cidadãos aos órgãos de proteção e trará segurança e presteza aos empresários, por meio de uma relação consumerista transparente, confiável, eficiente, de qualidade e segura.

O coordenador técnico do Procon MPPI, Edivar Carvalho, apresentou os procedimentos a serem adotados para a efetiva implantação, cuja primeira etapa se iniciou com a lei de criação do órgão, sancionada em outubro de 2019.

A secretária de Administração de São João do Piauí, Lara Paloma, e o procurador do Município, Gustavo Nunes, acenaram positivamente para a continuidade do processo, mas alertaram para a necessidade de prazo para pequenos ajustes na lei já existente e na locação do prédio para funcionamento do órgão.

Com isso, ficou estabelecido o prazo de 90 dias para a designação do prédio para funcionamento do Procon Municipal de São João do Piauí. Nas etapas seguintes, será articulado acordo de cooperação técnica a ser celebrado entre o Ministério Público e a Prefeitura de São João e a logística de materiais, bem como deve ocorrer capacitação da equipe de servidores.

Da Redação
[email protected]

Governo inicia obras na PI 141, que liga São João do Piauí a Brejo do Piauí

Foto: DER

O Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), iniciou no mês de dezembro as obras de restauração da PI 141, no trecho que liga São João do Piauí a Brejo do Piauí, região sul do estado, uma estrada importante para o escoamento da produção da região.

Esta é uma obra muito esperada pela população, um trecho que compreende a extensão de 10 km e se encontrava com muitos buracos, por isso será totalmente restaurada. O investimento é de R$ 1.618.687,85, oriundos do Tesouro Estadual.

“As equipes e máquinas já se encontram na rodovia executando a obra, com previsão de conclusão de até 120 dias. Será a recuperação total da estrada em Tratamento Superficial Duplo (TSD)”, disse Francisco filho, diretor da Unidade de Conservação e Manutenção (DUCM).

Também será restaurada a continuação da rodovia, o trecho de Brejo do Piauí a Canto do Buriti. “Sobre esse trecho, um projeto foi elaborado e será enviado para a Caixa Econômica Federal para análise. Logo após, será licitado, pois é uma emenda federal”, esclareceu o diretor.

Da Redação
[email protected]

Suspeitos de tráfico de drogas são presos durante operação da Polícia Civil

Foto: Divulgação/PC


A Polícia Civil cumpre desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira(17) 15 mandados de prisão e busca e apreensão na cidade de São João do Piauí, distante cerca de 460 km de Teresina. As ações fazem parte da Operação Integração, que tem como objetivo desarticular grupos especializados no cometimento do crime de tráfico de drogas. 

De acordo com a Polícia Civil, até o momento 10 pessoas já foram presas na ação. 

As investigações que culminaram na operação foram iniciadas em 2019. 

Participam dessa Operação policiais civis lotados na Gerência de Polícia Especializada, Gerência de Polícia do Interior, Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, Grupo de Repressão ao Crime Organizado, por meio da Core, Delegacias Regionais de São João do Piauí, Oeiras e São Raimundo Nonato.

 


 


Natanael Souza
[email protected] 

Prefeito eleito de São João do Piauí testa positivo para a covid-19

Foto: facebook.com/ednei.sj/

O prefeito eleito de São João do Piauí, Ednei Amorim (MDB), informou neste sábado (21) que testou positivo para a covid-19. Ednei foi eleito com 41% dos votos. Em nota postada em suas redes sociais, ele disse que sente sintomas leves e pede as pessoas que estiveram em sua companhia que monitorem o aparecimento de sintomas.

“Por medida preventiva, peço para aqueles que tiveram contato comigo nestes últimos dias que observem o aparecimento de sintomas e que adotem os protocolos sanitários necessários para o tratamento da doença”, afirmou.

Ednei disse ainda que fez o exame na quinta-feira após sentir um leve mal-estar. “Sinto-me bem, com sintomas leves e neste momento, em isolamento”, declarou.

Confira a nota na íntegra:

Amigos e amigas sanjoanenses,

Após sentir um leve mal-estar, informo que testei positivo para covid-19. O exame Swab rápido foi realizado nesta quinta-feira (19). Sinto-me bem, com sintomas leves e neste momento, em isolamento.
Por medida preventiva, peço para aqueles que tiveram contato comigo nestes últimos dias que observem o aparecimento de sintomas e que adotem os protocolos sanitários necessários para o tratamento da doença.

Reforço para que a população mantenha o distanciamento pessoal, use máscara, além de manter uma rigorosa higiene, com uso de álcool em gel de forma permanente.

Ednei Amorim
Prefeito eleito de São João do Piauí

Da Redação
[email protected]

São João do Piauí: Governo amplia abastecimento de água com novas obras

Foto: Ccom

O governador Wellington Dias autorizou o início das obras de ampliação e substituição de rede de abastecimento de água em São João do Piauí, localizada a 455 quilômetros de Teresina. O investimento também inclui a construção de um reservatório. O chefe do Executivo piauiense esteve no município no início deste mês.

O investimento é de R$ 4,7 milhões, recursos do Governo do Estado e da Agespisa. Serão substituídos 13.870 metros de tubulações antigas. A rede de distribuição será ampliada em 5.377 metros, com 1.926 transposições de ligações prediais antigas e novas ligações. A empresa também vai construir um reservatório elevado, de concreto armado, com capacidade para 800 mil litros.

Os investimentos vão beneficiar toda a população de São João do Piauí com a diminuição das perdas de água tratada e o reforço da pressão e vazão nos bairros localizados em áreas altas da cidade.

“Autorizei o início das obras em São João do Piauí, são investimentos na troca de canos e ampliação do sistema para áreas mais recentemente habitadas e também para melhorias no sistema de tratamento”, disse o governador.

Ainda segundo Wellington, a obra era um desejo antigo da população, de líderes sociais e do prefeito Gil Carlos. “Vamos investir quase R$ 5 milhões gerando emprego e renda por meio do PRO Piauí. Essas obras vão garantir mais qualidade de vida aos moradores, pois irão regularizar o serviço em bairros que hoje enfrentam dificuldades no abastecimento”, ressaltou Dias.

O prefeito Gil Carlos informou que as obras já foram iniciadas e estão na primeira etapa com previsão de entrega para 2021. “A caixa d’água já está sendo construída e todos os bairros agora vão receber uma água com mais qualidade”, destacou o gestor.

“Teremos um aumento no abastecimento de água tratada beneficiando em torno de cinco mil pessoas. Além da melhoria da qualidade da água, a capacidade de reservação terá um salto significativo”, destacou o diretor de Engenharia da Agespisa, Carlos Augusto Costa de Oliveira.

Da Redação
[email protected]

MPPI expede recomendações para evitar queimadas em São João do Piauí

As recomendações são resultado de um procedimento administrativo instaurado pela 2ª Promotoria de Justiça de São do Piauí, com o objetivo de investigar a utilização irregular de fogo e a ocorrência de queimadas e incêndios florestais no Município. Foi levada em consideração a situação vivida na cidade, com um número expressivo de queimadas, aliada à baixa umidade do ar e às altas temperaturas no município, colocando em risco a vida e a saúde da população e com imensos danos ao meio ambiente.

Especialmente no meio agrícola, percebe-se que a utilização do fogo é feita predominantemente por pessoas com baixa instrução formal, que não dispõem de informações de técnicas corretas para a realização de uma queima controlada e sem consciência dos efeitos danosos dessa prática ao meio ambiente e à saúde pública. Diante desse quadro, a educação ambiental é uma ferramenta eficaz para a formação de cidadãos conscientes, comprometidos com a vida e o bem-estar coletivo.

Os documentos orientam os Sindicatos e Associações Rurais, nas pessoas de seus dirigentes, que se abstenham de utilizar fogo para prática de atividades de pecuária e agricultura extensiva e de subsistência, bem como para fins de limpeza ou recuperação de pasto no município, caso não disponham de autorização para queima controlada; e que, no prazo de 10 (dez) dias, a direção desses Sindicatos e Associações reúna os integrantes para divulgar a proibição do uso do fogo e as penalidades pelo seu eventual descumprimento, além de orientar sobre os riscos da realização de queimadas no período.

Ao Município de São João do Piauí, nas pessoas do Prefeito Municipal e Secretário Municipal de Meio Ambiente, recomenda a adoção das seguintes providências: apresentar e iniciar a execução, no prazo de 10 (dez) dias, de um Plano de Atuação Emergencial para o período de 120 (cento e vinte) dias, que deverá conter necessariamente informações acerca das atividades a serem desenvolvidas, dos recursos financeiros e infraestrutura a serem utilizados, bem como das estratégias a serem adotadas, devendo contemplar a fiscalização diária de terrenos particulares e baldios no município, a fim de identificar e autuar, nos termos da legislação local, os responsáveis pela realização de queima de lixo nesses imóveis e os responsáveis pelo uso irregular do fogo em zonas rurais, com encaminhamento ao Ministério Público de relatório mensal das atividades fiscalizatórias.

Devem ser suspensas, temporariamente, a emissão de Autorização de Queima Controlada nas áreas urbana e rural do Município enquanto durar as “condições meteorológicas desfavoráveis” caracterizadas pela baixa umidade relativa do ar e altas temperaturas. Encaminhe à Câmara Municipal um projeto de lei ordinária prevendo a aplicação de multas pecuniárias pela queima irregular de lixo, em qualquer circunstância, e utilização de fogo em práticas agrícolas na zona rural, caso o responsável não disponha de Autorização de Queima Controlada.

Deve ainda ser iniciada uma ampla campanha publicitária na mídia local – Televisão, Rádio e Jornais impressos –, com ênfase para as zonas de risco, para divulgar a proibição do uso do fogo para queima de lixo na área urbana e para fins agrícolas sem a prévia obtenção de Autorização de Queima Controlada, as penalidades pelo seu descumprimento e, especialmente, para orientar a população rural e urbana dos riscos da realização de queimadas neste ano. Mobilize os Sindicatos e as Associações Rurais e de Bairros, além de escolas, igrejas e demais entidades civis pertinentes, localizadas no município, especialmente nas zonas de risco, para que divulgue a proibição adotada. Mobilize o Conselho Municipal de Meio Ambiente, para que sejam apresentadas as recomendações expedidas, e se adotem as medidas para implementação.

Aos residentes no Município, em suas zonas urbana e rural, recomenda que se abstenham de utilizar o fogo para a queima de lixo em seus terrenos particulares ou em terrenos baldios, devendo, para tanto, se utilizarem, exclusivamente, de técnicas de varredura, capina, coleta e destinação final ambientalmente adequada.

Considerando, ainda, que os Municípios poderão criar brigadas de voluntários ou servidores temporários para atuarem na área rural, nas atividades típicas de prevenção e combate a incêndio e que o recrutamento do efetivo para as brigadas municipais de combate a incêndios poderá ocorrer por meio de trabalho voluntário ou contratação por tempo determinado para atender a necessidade temporária, recomenda-se que a prefeitura crie, aparelhe e inicie o funcionamento da Brigada Municipal de Combate a Incêndios com o objetivo de atuar de preferência na área rural, nas atividades típicas de prevenção e combate a incêndio e medidas correlatas, assegurando aos brigadistas contratados (por tempo determinado para atender a necessidade temporária), ou admitidos (por voluntariado), equipamentos de proteção e de combate a incêndio e uniforme especial, em espécies e quantidades aprovadas pelo Corpo de Bombeiros Militar, além de fornecer cursos de formação e reciclagem periódica.

Por fim, deve-se incluir no projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), elaborado até Dezembro de 2020 para exercício do ano de 2021, do Município de São João do Piauí, dotação orçamentária específica para a criação, aparelhamento e início do funcionamento de Brigada Municipal de Combate a Incêndios. Os destinatários das recomendações devem informar ao Ministério Público, no de prazo 05 (cinco) dias úteis, sobre o acatamento ou não dos termos dos documentos.

Da Redação
[email protected]

 

Qualidade da água é tema de audiência em São João do Piauí

Na manhã dessa quinta-feira, 20 de agosto, foi realizada audiência, por meio de videoconferência, entre a 2ª Promotoria de Justiça de São João do Piauí, o Programa de Proteção de Defesa do Consumidor (Procon) e a Agespisa, para discutir a melhoria na qualidade da água fornecida pela empresa à população do município de São João do Piauí.

Durante a audiência, os representantes da Agespisa informaram que foi realizada licitação, com a celebração de contrato, e que já existe um cronograma inicial e projeto básico para no prazo de 30 dias serem feitos o projeto executivo e o cronograma de realização da obra de troca da antiga tubulação de amianto por outra nova. No total serão trocados 11 km de canos. Além disso, existe, também, a previsão para construção de uma nova adutora na cidade. O prazo de conclusão das obras é de dez meses. A 2ª PJ de São João do Piauí vai fiscalizar a realização dessas obras. Para isso, já solicitou cópias dos contratos e cronogramas para o devido acompanhamento.

A solicitação de apoio ao Procon foi realizada pela 2ª Promotoria de Justiça de São João do Piauí, tendo sido realizada diversas audiências extrajudiciais, que contribuem para a solução do problema da qualidade da água de São João do Piauí. O promotor de Justiça Jorge Luiz Pessoa afirmou na audiência que “o apoio do Procon Estadual, através do coordenador Nivaldo Ribeiro, foi fundamental para alcançar essa fase de resolutividade do procedimento, cumprindo agora à Promotoria de Justiça a efetiva fiscalização do regular andamento da obra”, avaliou o membro do Ministério Público do Piauí.

Tramita na Comarca de São João do Piauí uma ação civil pública referente à qualidade da água e a falta de abastecimento, que resultou em decisão liminar favorável que traçou algumas obrigações para Agespisa, fixando, ainda, multa em caso de atraso no cumprimento da decisão judicial.

Da Redação
[email protected]

Posts anteriores