Cidadeverde.com
Geral

Juiz ordena prisão de médico para garantir vaga na UTI para paciente

Imprimir

O juiz Deoclécio Souza determinou a prisão do médico plantonista do Hospital Getúlio Vargas (HGV) para garantir a internação de um paciente, vítima de acidente de trânsito, que necessitava de cuidados em Unidade de Terapia Intensiva. 

A prisão recairia sobre o profissional de plantão, o médico Mário Silva, mas o hospital conseguiu garantir uma vaga antes do mandado ser cumprido. O fato reabre a discussões sobre a estrutura insuficiente no sistema de saúde pública do país.

“Não compete ao médico arrumar vaga para paciente e sim à administração. É uma situação delicada. De um lado tem o sofrimento das famílias. Do outro, a justiça que tem que atender o clamor da situação. Mas não podemos tirar um paciente da UTI para colocar outro. A decisão surpreendeu”, disse a diretora do HGV, Clara Leal.

O paciente em questão foi identificado como Izaias Silva que deu entrada no Hospital de Urgências de Teresina (HUT), mas que pela complexidade do caso foi transferido para o Hospital Getúlio Vargas. 

“A vaga para esse paciente já temos. Tivemos um óbito na UTI. Mas para isso uma cirurgia neurológica foi cancelada por o paciente que estava na fila necessita de pós-operatório em Unidade de Terapia Intensiva”, revela a gestora.

Contexto em Teresina
Faltam de vagas em UTIs. Teresina possui apenas três hospitais que ofertam leitos públicos. São apenas 80 unidades para mais de 3,2 milhões de habitantes. A fila de espera por vaga no sistema público apenas aumenta. 

Reação no HUT
“No Brasil, nos últimos oito anos, foram fechados vários leitos hospitalares. A população está envelhecendo. Temos uma demanda reprimida. Sofremos com isso. Temos no HUT o dobro de leitos que deveríamos ter. A justiça tem que ter coerência. O problema não é dos médicos. É um problema sistêmico da saúde que precisa ser resolvido a nível nacional. Situação gera insatisfação entre os médicos intensivistas”, avalia o diretor-geral do Hospital de Urgências de Teresina, Gilberto Albuquerque.

Lívio Galeno
Com informações de Joelson Giordani (TV Cidade Verde)
redacao@cidadeverde.com 

Imprimir