Cidadeverde.com

Menina de 11 anos raptada diz que saiu por vontade própria

A criança, de 11 anos, que foi raptada em Ipameri-GO e achada em Oeiras-PI, com o suspeito do crime, informou ao Conselho Tutelar da cidade que saiu de casa por vontade própria. A criança passa por exames em Picos, para detectar uma possível conjunção carnal. O suspeito, Regisvaldo Quirino de Araújo, 38 anos, foi preso. 

De acordo com uma conselheira tutelar, que não quis se identificar, a garota afirma que quis sair de casa porque, supostamente, era maltratada pela mãe e diz não querer retornar para a família. 

Os familiares foram informados e devem estar a caminho de Oeiras para buscar a criança. “Ela está tranquila, um pouco assustada com o que aconteceu, mas está bem. Ela diz que não quer voltar para casa, mas estamos acionando uma psicóloga para conversar com ela”, afirma a conselheira.

A conselheira relata que fatos como são denunciados ao Conselho ou à Secretaria de Direitos Humanos. “Não é comum, mas quando as pessoas presenciam menores com uma pessoa mais velhas elas denunciam”, destacou. 

Entenda o caso

Regisvaldo Quirino de Araújo foi preso nesta sexta(24) suspeito de raptar a criança de 11 anos em Ipameri-GO na última quarta-feira(22). A menina saiu de casa para ir para a escola e não retornou mais para casa. Testemunhas informaram que viram os dois em um mototaxi saindo em direção a cidades vizinhas e de lá tomaram destino ignorado. A Polícia Militar de Goiás acionou a PM do Piauí, já que o suspeito é natural do estado e conseguiram localizar os dois na casa de parentes dele em Oeiras, onde foram encontrados com ajuda da Polícia Civil.

 

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com