Cidadeverde.com

Vítima de estupro coletivo em Bom Jesus permanece em coma induzido

A Polícia Civil de Bom Jesus informou na manhã deste sábado (21) que a adolescente de 17 anos vítima de estupro coletivo na madrugada de hoje, permanece internada no Hospital Regional Manoel de Sousa Santos. Ela ainda está sedada e, segundo o agente de polícia Carlos George, teve vários ferimentos além da violência sexual. Os suspeitos têm idades entre 15 e 18 anos. 

"A polícia está apurando agora a participação individual de cada um deles. Sabemos que alguns estavam embriagados, outros não, e somente o maior e mais um ou dois adolescentes participaram do abuso. Isso é o que vamos apurar. Na manhã de hoje, estamos fazendo a autuação em flagrante de todos", informou o agente. 

O que a polícia já sabe é que a menina foi estuprada por mais de uma pessoa e estava bastante embrigada no momento do abuso. O gerente de policiamento do interior, Willame Moares, informou que a menina conhecia os autores do crime. Ela foi encontrada por vizinhos, amordaçada e ferida dentro de uma obra abandonada no Centro da cidade. 

"A jovem conhecia os agressores. Ela estava embriagada no momento do abuso. A informação que temos é que ela havia brigado com o namorado e, por isso, começou a beber. Ela continua hospitalizada e não corre risco de morte. Os agressores vão responder por estupro”, disse o delegado.

O delegado Aldely Fontineli investiga o caso. Além da Polícia Civil, participaram da ação equipes da Força Tática da 2ª Companhia do 7º Batalhão da Polícia Militar, de Bom Jesus. 

Os cinco suspeitos permanecem detidos na delegacia da cidade. 

 

Maria Romero
redacao@cidadeverde.com