Cidadeverde.com

Bom Jesus se prepara para Exposhow, de 15 a 18 de junho

Foto: Thiago Amaral/CidadeVerde.com

A cidade de Bom Jesus, a 635 km de Teresina, se prepara para o maior evento do ano que já está na oitava edição, a Exposhow, que acontece entre os dias 15 e 18 de junho. 

O evento é a maior vitrine de agronegócio do Piauí e hoje é considerada uma das mais importantes feiras de tecnologia agrícola e negócios do país. A expectativa é de um público de 60 mil pessoas entre visitantes, agroempresários, produtores rurais, profissionais e empresários de agronegócios.

Na última edição, o evento contou com 52 estantes e mais de 200 marcas presentes em 
12,5 mil metros quadrados de espaço. Na ocasião, o evento movimentou cerca de R$ 180 milhões em negócios. 

Emergência

Apesar de estar entre os gigantes na produção de grãos no país, a cidade hoje encara problemas relacionados à estiagem. Segundo o perfeito Marcos Elvas, os agricultores dependem de um decreto de emergência para renegociação de dívidas com bancos para garantirem a próxima safra.

Segundo dados do Governo do Estado e da Conab- Companhia Nacional de Abastecimento-, em 2015, o Piauí teve recorde na produção de grãos, com 3,234 milhões de toneladas e uma previsão de aumento de 52%. Entretanto, a estiagem surpreendeu as estatísticas e muitos agricultores acumularam dívidas.

O prefeito Marcos Elvas juntou uma equipe e fez um estudo sobre a situação, comprovando que havia um estado de emergência, o que, com o decreto, facilitaria a renegociação de dívidas dos agricultores. “Temos laudos comprovando a situação e elaboramos um documento desde março. As renegociações dependem do decreto de emergência pelo governador. Queria pedir para ele agilizar o processo. Estamos agora tratando é da próxima safra. É a renegociação das dívidas dos agricultores com os bancos”, pede.

Segundo o prefeito, apesar dos problemas econômicos no país, os empresários do agronegócio estão otimistas para o futuro. “Na cidade, o clima é de quem levantou a poeira e deu a volta por cima. Bom Jesus tem vocação do crescimento, vocação do grande e não vai ser uma topada no caminho que vai nos tirar de ser um grande produtor no país”, indaga.

Política

Apesar de estar bem avaliado na cidade, o prefeito evita falar de eleições. Ele afirma que ainda não é o momento e que o seu compromisso é com a gestão: “Confesso que fiz compromisso comigo de tratar somente em julho. Estamos em um momento delicado que requer a participação no município de perto. As pessoas me elegeram pra que eu faça e continue a fazer um bom mandato. Evidentemente a projeção vai ser trabalhada em julho. Meu nome é natural, mas pela gama de partidos ainda será estudado. Novas alianças estão sendo estudadas”, declara.

Apesar de se esquivar do tema, ele declara ainda que a única certeza política na cidade é o afastamento do PT. “Tivemos experiência com o PT e não tem condições políticas de se reproduzir na próxima eleição”, finaliza Elvas.

Da Redação
Redacao@cidadeverde.com