Cidadeverde.com

Suspeitos de fornecer e traficar drogas são presos em Bom Jesus

Uma operação policial contra o tráfico de drogas em Bom Jesus (a 600 km de Teresina) foi realizada nesta quarta-feira(30) e prendeu três suspeitos de traficar e fornecer entorpecentes para uma boca de fumo nas proximidades do mercado público da cidade.

No local, havia dois usuários e um casal suspeito de vender as drogas consumidas, Wilson Alves Bezerra e Anísia Alves Rabelo foram presos.

"Wilson, mais conhecido como o Velho, traficava, consumia e disponibilizava sua casa para o consumo de outros dependentes químicos. Anísia também traficava e consumia entorpecentes naquele local. As investigações indicavam que o fornecedor, sabendo do vício de ambos, acabou 'contratando-os'. A cada 30 pedras vendidas, 10 eram dadas como forma de pagamento ao casal", afirma a nota da Secretaria de Segurança. 

De acordo com o delegado Aldely Fonteneli, o fornecedor abastecia o ponto de consumo várias vezes durante o dia e a noite, já que o local tinha muitos usuários. “Parece ser uma forma arriscada de vender drogas, já que eles poderiam consumi-las. Entretanto, as ameaças empregadas pelo fornecedor os impedia disso”, assim explica. 

Lá foram encontrados e apreendidos papel alumínio, cachimbos, isqueiros e pedras de crack. 

Com a prisão do casal, eles delataram quem seria o fornecedor da droga, informando o nome, o apelido, as características físicas, o veículo e o endereço. 

"Diante dessas informações a equipe de policiais civis montou uma campana e aguardou a chegada do alvo. Assim que o fornecedor estacionou sua moto, em frente à sua residência, ele foi abordado e preso na primeiras horas noite. Tratava-se de Wilson dos Santos Araújo, mais conhecido como o Pirata ou Galo Cego, o qual transitava numa Yamaha Lander vermelha, abastecendo bocas de fumo espalhadas pela cidade", discrimina a nota. 

Na sua casa foram encontrados dois notebooks, pedras de crack, papel filme, pinos destinados ao armazenamento de cocaína e R$ 800, possivelmente o valor apurado numa bela tarde de “trabalho”.

Da redação
redacao@cidadeverde.com