Cidadeverde.com

Idosa de 67 anos é presa por tráfico de drogas em Campo Maior

Foto: reprodução

Uma mulher  de 67 anos de idade, que não teve a  identidade revelada, foi presa por policiais do 15º Batalhão da Polícia Militar após ser flagrada com 93 papelotes de crack. A idosa é mãe do rapaz acusado de espancar e queimar a doméstica Maria Carmelita, de 46 anos, no sábado passado, em Campo Maior.

 A droga estava em um saco, que foi dispensado quando a Polícia Militar chegou ao local, e realizou uma vistoria na residência.

“Os policiais viram quando a droga foi dispensada em um matagal. E ao encontrarem o saco, descobriram que dentro havia 93 papelotes de crack”, informa major Etevaldo Silva, comandante do 15º Batalhão de Polícia Militar.

Etevaldo detalhou que com a apreensão da droga foi efetuada a prisão da idosa. A mulher foi levada para a Delegacia de Campo Maior.

João Bandeira
(com informações portal de campo maior)