Cidadeverde.com

Campo Maior avança no ICMS Ecológico e prazo para habilitação vai até 22 de Setembro

Foto: Portaldeolho

Marco Bona, Secretário de Meio Ambiente – “Tivemos sucesso parcial em mais uma etapa. Dos dois itens antes interpostos, os auditores reanalisaram e validaram os documentos sobre o regimento interno da SEMAR de Campo Maior.”

 À frente do processo que rege sobre a habilitação de Campo Maior no Programa de Selo Ambiental do ICMS Ecológico, Marco Bona reforça que a cidade tem todos os requisitos e documentos para ampliar a pontuação de anos anteriores.

DIZ AINDA : “ Não perdemos. Na verdade conseguimos habilitar mais um item no processo que antes faltava. Agora nos resta apenas validar o Plano Diretor no processo. Temos até o dia 22 de Setembro de prazo e os caminhos para selar de vez Campo Maior no topo do Programa Ambiental que destina recursos do ICMS para os municípios do Piauí.

O secretário de Meio Ambiente, Marco Bona, explica que Campo Maior não perdeu a Habilitação no Programa de Selo Ambiental. Ao “De Olho”, ele explica que, na verdade, houve avanços no processo para habilitar Campo Maior – Os auditores verificaram o recurso e validaram o item antes colocado como não em conformidade”, disse.

O item antes rejeitado tratava sobre o regimento interno da Secretaria de Meio Ambiente. Com os avanços no processo, abriu-se mais um prazo, que vai até o dia 22 de Setembro, para que município apresente as conformidades que dispõe sobre o plano diretor de Campo Maior. O caso vai ser analisado pela Comissão Técnica Permanente de Licenciamento Ambiental do Conselho Estadual de Meio Ambiente – “Inclusive já fui chamado para uma reunião em Teresina justamente para tratar sobre o processo pela habilitação de Campo Maior “, completou Marco Bona.

O “De Olho” apurou que o município, junto à assessoria técnica, já trabalha para justificar os entraves antes mesmo do prazo estipulado pela Comissão Técnica do Conselho Ambiental do Piauí.

Nós iremos trabalhar para a manutenção do Selo A do ICMS Ecológico. Temos em poucos meses muitas ações desenvolvidas em prol do meio ambiente que irão possibilitar o recebimentos desses recursos para o município que visa melhorar a qualidade de vida e o desenvolvimento de Campo Maior”, finalizou o Secretário de Meio Ambiente, Marco Bona.

Com informações portaldeolho