Cidadeverde.com

Festejo de Santo Antonio se consagra com um dos maiores já realizados em Campo Maior

  • CM_festejo_21.jpg Ascom
  • CM_festejo_8.jpg Ascom
  • CM_festejo_4.jpg Ascom
  • CM_festejo_2.jpg Ascom
  • CM_festejo_7.jpg Ascom
  • CM_festejo_6.jpeg Ascom
  • CM_festejo_1.jpg Ascom
  • CM_festejo_3.jpg Ascom

Os festejos juninos de Campo Maior, dedicados ao padroeiro, Santo Antonio Aparecido, chegaram ao fim nesta segunda-feira (13 de junho), data em que a Igreja Católica celebra o santo. É a primeira festa no pós-pandemia, realizada em seu formato tradicional, com a presença do público.

Nos dois últimos anos, os festejos do padroeiro aconteceram apenas com celebrações religiosas dentro da igreja a portas fechadas. No período, não houve a parte social com shows, barracas, apresentações, etc. As medidas visavam evitar aglomerações e coibir a disseminação da Covid-19.

Este ano, com avanço da vacinação e significativa redução de casos e óbitos causados pelo Coronavírus, as autoridades públicas permitiram a realização da festa de Santo Antonio. Uma verdadeira multidão de fiéis participou das procissões, trezenas e das celebrações religiosas. Os shows musicais na Praça do Rosário também contaram com a presença de milhares de pessoas todos os dias.

Foi, sem dúvidas, um das maiores festejos de Santo Antonio já realizados em Campo Maior, e participar da organização desta grandiosa festa é motivo de muita honra para mim enquanto campomaiorense e devoto de Santo Antonio e para toda a gestão pública, por meio de nossas secretarias municipais empenhadas em fazer deste momento um período especial, abençoado e repleto de alegria, destacou o prefeito Joãozinho Félix.

O bispo diocesano de Campo Maior, Dom Francisco de Assis, também fez avaliação positiva do festejo e destacou que a devoção a Santo Antonio é uma das mais belas manifestações de fé do interior nordestino.

A cada ano, conseguimos entregar um festejo ainda melhor. Isso tudo só é possível graças a uma soma de esforços de muitas pessoas envolvidas. As homenagens dos campomaiorenses ao seu padroeiro é, sem dúvidas nenhuma, uma das maiores demonstrações de cultura e religiosidade de que tenho conhecimento, disse.

Os festejos de Santo Antonio Aparecido foram promovidos pela Paróquia Catedral de Santo Antonio, por meio do bispo diocesano, Dom Francisco de Assis, e do pároco, pe. Gilberto Felipe, e pela Prefeitura de Campo Maior, através do prefeito Joãozinho Félix e de toda a gestão municipal.

Da Redação