Cidadeverde.com

Menina filma próprio estupro e homem é preso em Campo Maior

Foto: Divulgação / PC-PI

 

A Polícia Civil de Campo Maior prendeu um homem suspeito de estuprar uma criança de seis anos após a menina filmar a violência sexual. 

O crime aconteceu por volta das 11h deste domingo (20/11) em Campo Maior, 84 km de Teresina. O suspeito flagrado no vídeo é um homem de 39 anos, primo da mãe da vítima. A criança filmou o próprio estupro e postou no status do WhatsApp. 

Segundo informações no processo, a mãe da criança, de 23 anos, assistiu ao vídeo enquanto estava na casa de uma cunhada. Segundo depoimento da mãe, a filha tem o aparelho telefônico para jogar e assistir vídeos de desenho animado.

“Tem uma conta no WhatsApp, mas só quem tem o contato dela sou eu, o pai dela e a madrinha. Eu estava olhando o WhatsApp quando vi que ela tinha acabado de atualizar o status. Fui olhar e vi o meu primo colocando o pênis para fora”, relatou a mãe da vítima ao prestar queixa na 5ª Delegacia de Polícia de Campo Maior. 

Após o flagra, a mãe da criança contou que mostrou o vídeo para a cunhada e juntas foram até a residência em que a mulher mora com as duas filhas. Segundo ela, o homem ainda estava deitado na rede onde o abuso teria acontecido e, ao ser confrontado, disse que a criança teria baixado sua calça. 

Segundo o processo, o avô da criança chegou a passar mal após tomar conhecimento do fato. A uma tia, a criança de seis anos alegou que aquela não fora a primeira vez que o homem de 39 anos “fez coisas daquele tipo com ela”, segundo o relato.  

Ao delegado Fábio Bhering, o suspeito confessou o crime e afirmou que estava deitado na rede quando a filha da prima chegou e se deitou. Alegou ainda que não sabe o porquê fez aquilo e que está arrependido. E, segundo o homem, aquela foi a primeira e única vez que aquilo tinha acontecido. 

O homem foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerário e está detido na Delegacia de Campo Maior, onde está à disposição da Justiça.

 

Nataniel Lima
[email protected]