Cidadeverde.com

Acusado de estuprar e afogar criança tenta se matar dentro de delegacia

O acusado do assassinato da menina Franciele Vieira, 9 anos, tentou tirar a própria vida dentro dentro de uma das celas do 1º Distrito Policial de Campo Maior, nesta terça-feira (06). De acordo com o Delegado Regional Gustavo Jung, os agentes de Polícia Civil perceberam uma movimentação durante o almoço e evitaram o suicídio.

Antonio Francisco Vieira da Silva, conhecido como Piranha, foi preso no último domingo (04), horas após o corpo da criança ser encontrado em um córrego na localidade Porção II. Em depoimento, o lavrador confessou o estupro e assassinato por afogamento da vítima. 

"Ele tentou se matar utilizando o cordão do calção e disse estar arrependido e temendo reações. Estamos aguardando autorização judicial para fazer a transferência a um presídio da capital", disse Jung. 

Na tarde desta terça-feira (06), Piranha foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), em Teresina, para a realização de exame de DNA. O delegado explica que a amostra será comparada com o material colhido da vítima. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com