Cidadeverde.com

Operação detecta mercadoria ilegal em Campo Maior e São João da Fronteira

  • unnamed.jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(9).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(8).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(7).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(6).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(5).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(4).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(3).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(2).jpg Divulgação / Sefaz
  • unnamed_(1).jpg Divulgação / Sefaz

A Secretaria de Fazenda flagrou mercadorias ilegais e madeira durante fiscalização nos municípios de Campo Maior e São João da Fronteira. Técnicos da SEFAS, da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Ordem Tributária e as Relações de Consumo (DECCOTERC) realizaram, nos dias 06, 07 e 08 de outubro, a operação que detectou as irregularidades.

Em São João da Fronteira, algumas mercadorias – como cereais, biscoitos, redes garimpeira e cortinas - estavam desacobertadas de notas fiscais.  

Em Campo Maior, a Sefaz fez dois trancamentos de estoques de mercadorias de estabelecimentos que estão sendo auditados pela secretaria. Foi encontrada ainda madeira mista em descaminho (sendo descarregada em local diferente da nota fiscal), além de uma nota fiscal de venda inidônea por não constar a devida nota fiscal de saída de trefilados de metal.

Ainda no município foi encontrado um depósito clandestino de material de construção que abrigava tijolos, telhas e lajes.

No total, as mercadorias encontradas em situação irregular somam um total de R$ 116.906,54. Foram recuperados aos cofres públicos do Estado, a quantia de R$ 34.986,00.

As equipes tiveram apoio da Gerência de Mercadorias em Trânsito, da Gerencia Regional de Campo Maior e da Coordenação do Posto Fiscal de São João da Fronteira.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com