Cidadeverde.com

Campo Maior recebe selo da ONU por promover inclusão social de artesãos

Por ter conseguido retirar 186 pessoas da vulnerabilidade social para transformá-los em artesãos e incluí-las no mercado de trabalho, Campo Maior recebeu o Selo ODM-Nações Unidas de 2015. O certificado entregue a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, reconhece a execução de boas práticas e ações sustentáveis na promoção da vida social e da economia solidária.

A inclusão de artesãos campomaiorenses no mercado de trabalho foi feita através do Projeto Harmonia Produtiva, que capitava os artista e comercializava produtos, através da realização de feiras comunitárias.

A Solenidade de outorga do ‘Selo ODM Piauí’ aconteceu no auditório da FIEPI e contou com a presença do deputado estadual, Aluísio Martins, que recebeu o certificado juntamente com a secretária de Desenvolvimento Social, Conceição Lima.

A secretária informa que o projeto desenvolvido pela SEMDES ainda se encontra em execução e com o reconhecimento internacional pela ONU será ampliado. “Esse projeto permite que pessoas simples pessoas se transformem em artistas, após passarem pelas capacitações profissionais e incentivo educacional”, destaca a secretária Conceição Lima.

O Selo de reconhecimento internacional foi concebido pela Rede dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do Milênio do Piauí, em conjunto com a Secretaria de Governo da Presidência da República, a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD),  e pelo Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com