Cidadeverde.com

Obra de revitalização do açude de Campo Maior é retomada e população comemora

Na manhã desta sexta-feira (15) o Prefeito de Campo Maior, Paulo Martins retomou a obra de revitalização do açude grande que fica no centro do município e serve como cartão postal para a cidade.

Os serviços foram paralisados após denuncias de adversários políticos do atual Prefeito junto à Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMAR). Eles alegaram que a obra estava destruindo a fauna e a flora e que não tinha as licenças e projeto de impacto ambiental, fato que foi desmentido com a apresentação de toda a documentação necessária.

A obra foi reiniciada e comemorada pela população com foguetes. Agora são três escavadeiras trabalhando dentro do açude. Em cinco dias será concluída a ampliação da orla e até maio conclui a limpeza total do açude. O prazo dado para o prefeito para a conclusão da segunda etapa que inclui a iluminação, ciclovia e urbanização é agosto deste ano.

“Estão fazendo sensacionalismo tentando colocar o povo contra a obra. Estamos é tirando os esgotos do açude. Vamos deixar limpo, despoluído e urbanizado, isso com recursos próprios do IPTU e Alvará e com emenda do Deputado Aluísio Martins”, declarou o Prefeito acrescentando que a catinga já acabou com a retirada de 800 toneladas de lama podre. “A Funasa e Semar estiveram no local e afirmaram que estamos fazendo está correto, mas a oposição foi buscar a Polícia Ambiental com denuncias vazias”, disse.

O Secretário de Planejamento, Carlos Torres, responsável pela obra informou que toda documentação está em ordem. “Estamos há vários meses organizando essa obra. Mas o que está acontecendo é uma mesquinhez política tentando atrapalhar o serviço”, alfinetou.

Populares que acompanharam o reinicio da obra comemoraram. O ex-jogador Jean Kennedy disse que o açude é o cartão postal da cidade. “A população e os turistas estão vibrando com essa obra porque vai ficar muito bonito nosso açude”, comentou.

Professor Chico Loteria destacou que Campo Maior precisava dessa resposta imediata. “O Paulo (Martins) foi muito eficiente. O cara está querendo fazer o desenvolvimento de Campo Maior e um grupo que não está no poder querendo desmanchar. Os filhos de Campo Maior não merece tanto castigo, tanta chibatada. Nós temos é que bater palma e tirar o chapéu. Temos que dá as mãos. Com muita segurança eu afirmo que tem gente que torce contra, mas isso tem que acabar”, desabafou.

O senhor José Sebastião falou que Campo Maior precisa demais desse trabalho. “Com fé em Deus vai dá certo. Parada é que não pode ficar”, comentou.

Secretário de Educação, Professor Ribinha ressaltou que a população de Campo Maior espera essa obra. “Hoje cedo meus vizinhos estavam comemorando a chegada de mais máquinas. Essa obra vai embelezar nossa cidade e é fruto de uma gestão de resultados positivos para Campo Maior”, pontuou.