Cidadeverde.com

Campo Maior: Três ficam feridos após acidente com viatura policial


Um motorista confundiu uma viatura da polícia com uma ambulância, não obedeceu ao pedido de diminuir a velocidade para uma possível abordagem e acabou colidindo com o carro da Polícia Militar de Campo Maior. 

O caso ocorreu na madrugada de domingo (02). O comandante do 15º BPM, major Etevaldo Silva, disse ao Cidadeverde.com que “por muito pouco” o acidente não foi ainda mais grave. Não houve registro de morte. 

“Nós estávamos abordando um motoqueiro, por volta das 4 horas da manhã, quando o carro não diminuiu a velocidade, colidindo com a viatura mesmo a gente pedindo, dando sinal de luz e com o girolex ligado. Eu e mais outro policial tínhamos desembarcados do carro para fazer a abordagem, outros dois estavam no veículo e um deles ficou com ferimentos leves”, comentou o major, relembrando o susto. 

O motorista que colidiu com a viatura estava em um fiat uno e acompanhado da esposa, que não tiveram os nomes revelados. O casal estava retornando de uma festa, onde estariam vendedo bolo e café. O casal foi socorrido, inicialmente, pelo Serviço Móvel de Urgência e depois encaminhados para o hospital regional de Campo Maior. 

O acidente ocorreu na localidade da “Goela da Cobra”, na estrada que dá acesso ao município de Jatobá. As abordagens estavam ocorrendo durante a madrugada devido os constantes relatos de assaltos nesse período. O casal do fiat uno foi sacado do veículo.

“Quem mais sofreu ferimentos foi o casal. Ele disse que achou que era uma ambulância e por isso não parou. Danificou tanto o nosso carro como o dele. Socorremos o casal e depois verificamos o carro, que não tinha material ilícito. O motorista deve ter uns 54 anos de idade e não estava alcoolizado. Eles disseram que vendem café com bolo na festa”, ressaltou o major. 

 


 

 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com