Cidadeverde.com

Projeto de Campo Maior vai representar Brasil em feira internacional

A educação de Campo Maior é destaque nacional. O projeto ‘Aventure-se na Leitura’, da Escola Municipal Raio da Esperança foi escolhido o 2º melhor projeto da II Mostra de Ciência do Cariri (MOCICA), realizada de 28 de agosto a 1º de setembro, em Juazeiro do Norte, no Ceará.

O autor do projeto é o aluno Léo Pereira, que foi premiado como aluno destaque. A professora orientadora é Silvana Orsano, que venceu o prêmio ‘Professor Nota 10’. A premiação foi realizada nessa sexta, 1º de setembro, no encerramento da feira de ciências.

Com a premiação, o projeto da Escola Municipal Raio de Esperança foi credenciado a participar da Feira Internacional de Ciências, que será realizada em 2018, na Colômbia e assim se torna um dos poucos projetos brasileiros que irá representar o país no evento.

A professora Silvana informou que a avaliação do projeto foi feita por professores renomados das universidades federais credenciadas pelo evento. O Projeto ‘Aventure-se na Leitura’, ficou em segundo lugar na categoria humanas, no nível do ensino fundamental.

“Depois de uma semana de exposição e avaliações, ficamos em segundo lugar na categoria humanas em meio aos mais de 200 projetos de várias partes do país. Ficamos mais feliz ainda com a premiação do Léo como aluno destaque na Feira e com a nossa, pois ganhei o prêmio professor nota 10”, destaca Silvana.

O aluno Léo Pereira, é estudante do 7º ano da escola Raio de Esperança, disse que desenvolveu o projeto ao perceber a carência dos colegas de escola, que não tinham o habito da leitura e um baixo desempenho nas avaliações que envolvia a interpretação de textos. “Meu objetivo foi incentivar os meus colegas a descobrir as inúmeras vantagens da leitura na vida do estudante”, resume.

Fonte: Ascom