Cidadeverde.com

Acusado de estuprar e matar menina de 9 anos leva pena máxima

Fotos: Portal de Campo Maior

Antônio Francisco Vieira da Silva, conhecido como o "Piranha", foi condenado a pena máxima por estuprar e matar uma menina de nove anos em Campo Maior, município a 78 km de Teresina. A sentença foi dividida em duas penas, uma de 23 anos e seis meses pela morte da criança acrescida em 10 anos pelo estupro da menina, totalizando 33 anos e seis meses de condenação.  A sentença é três anos superior a pena máxima prevista no Código Penal Brasileiro que é de 30 anos. 

Piranha, era acusado de estuprar e matar uma menina de nove anos em Campo Maior, município a 78 km de Teresina. O crime ocorrido em 2015 chocou a comunidade. O corpo da vítima, identificada como Franciele foi encontrado em um córrego no povoado Porção II, no dia 4 de janeiro de 2015. A Polícia constatou que ela foi violentada sexualmente e morta por afogamento.

O julgamento, que durou cerca de cinco horas terminou as 14h desta quarta-feira (04) e foi presidido pelo juiz Múccio Meira no Fórum de Campo Maior.  O acusado precisou de escolta policial para participar do julgamento e a decisão foi comemorada pelos presentes.

Após o julgamento, Antônio foi conduzido de volta à Penitenciária de Esperantina onde ele está preso desde a semana do crime.


Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com