Cidadeverde.com

Prefeitura intensifica limpeza em Campo Maior no período chuvoso

Para evitar a proliferação de insetos e doenças infectocontagiosas transmitidas pelo contato com a água, lixo, entulhos do  período chuvoso o prefeito Professor Ribinha determinou a intensificação dos trabalhos de limpeza em toda a cidade, desde a retirada de matos com os serviços de roço e outros. Ribinha pede a compreensão e a colaboração das pessoas para não acondicionarem lixo em locais inadequados.

Os trabalhos do mutirão de limpeza são realizados por meio da Secretaria de Limpeza e Iluminação Pública, sob o comando do secretário Lustosa. Na terça-feira, pela manhã equipes estiveram no Bairro São João e  no Centro da cidade. Outra secretaria envolvida é a de saúde, que trabalha com ações preventivas, por meios dos agentes de Endemias e os agentes comunitários de saúde.

Tanto o calor quanto a umidade típica do verão criam ambientes propícios para a proliferação de vírus e bactérias, aumentando a incidência de algumas doenças específicas durante o período, muitas associadas às chuvas por conta de alagamentos e acúmulo de água em alguns pontos facilitando a proliferação de vetores, que transmitem doenças.

Entre as doenças mais comuns: Leptospirose, hepatite A, febre tifoide, micoses e viroses que provocam vômitos e diarreias, dengue e outras. Campo Maior, desde 2011, registrou que os índices no número de casos de dengue caíram em quase 95% por conta das campanhas e do apoio da sociedade. “Precisamos continuar com os trabalhos de prevenção”, explicou o prefeito, que também tem investido em construção de galerias e drenagens em vários locais da cidade.

Fonte: Ascom