Cidadeverde.com

Vereador no Piauí é vítima de assalto e tem arma apontada para a cabeça

Um vereador da cidade de Campo Maior foi rendido por criminosos em um assalto na avenida Demerval Lobão, no centro da cidade. Câmeras de segurança mostram que um dos bandidos agiu com violência. Fernando Miranda (PT) disse ao Cidadeverde.com que estava conversando com um amigo quando foi surpreendido por dois bandidos em uma motocicleta. 

"Minha namorada tinha ido a uma farmácia. Minha mãe ficou dentro do carro e eu conversando com um amigo. Quando minha namorada voltou e já estávamos indo embora, os dois bandidos chegaram. O garupa pulou da moto e já foi abordando meu amigo [que está de calção azul e blusa branca]. Ele ainda tentou correr, mas foi obrigado a entregar o celular", disse o vereador. 

Fernando conta que estava dentro do seu veículo e foi a segunda vítima. Ele diz que foi xingado e ameaçado de morte porque demorou a entregar o celular. 

"Foi muito constrangedor. Ainda estou muito abalado psicologicamente, não consigo dormir bem. Ele colocou a arma na minha cabeça, me xingou e disse que se eu não entregasse o aparelho ia me dar um tiro. Tive que entregar o meu celular e o da minha namorada que estava no banco da frente. Minhã mãezinha estava no banco de trás", conta o vereador. 

Durante o assalto, um motociclista trafega pela via e chega a parar, sem saber o que ocorria. Ao perceber, ele sai em disparada.

O crime ocorreu no fim do mês de janeiro. O celular da namorada do vereador, um Iphone, foi achado horas após o crime escondido na linha férrea. 

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. O bandido é o que aparece de bermuda vermelha e blusa branca.

 

Reunião discutirá reforço na segurança em Campo Maior

O vereador diz que os assaltos estão se tornando muito frequentes na cidade e que ainda este mês se reunirá com o prefeito da cidade para discutir o problema. 

"A sugestão é que sejam instaladas câmeras de segurança. Em outras cidades isso foi feito e inibiu a ação dos criminosos", disse o vereador. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com