Cidadeverde.com

Mulher esfaqueia outra em briga e vítima foge do hospital sem atendimento


Foto: Portal de Campo Maior 

Uma confusão iniciada dentro de uma casa de prostituição terminou com uma mulher esfaqueada no Mercado Municipal de Campo Maior. De acordo com o major Etevaldo Alves, comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar, a briga envolveu duas mulheres e uma teria esfaqueada a outra. O caso ocorreu ontem por volta das 19 horas desta segunda (21). 

“A PM foi informada dessa confusão entre duas mulheres no ‘prostíbulo’, uma dessas mulheres saiu correndo do local foi até esse centro comercial, que é bem perto, e lá teria sido ferida pela outra com uma faca de cozinha. A PM chegou ao local e encontrou as duas mulheres, uma foi levada para o hospital e a outra para a delegacia regional. O golpe foi na barriga, mas parece que não foi muito grave. Ela teria feito apenas a ficha de atendimento e saído do hospital, acredito que ela tenha retornado para o atendimento”, esclareceu o comandante. 

Populares relataram aos policiais que a briga estaria relacionada a um homem, acrescentou o major. 

O delegado regional Andrei Alvarenga informou ao Cidadeverde.com que o caso está sendo investigado e as informações estão sendo averiguadas.

Alvarenga confirmou que a vítima, identificada como Sandra Maria dos Santos Cruz, fugiu do hospital e a suspeita de esfaqueá-la, Luciana Ferreira Peres, permanece na delegacia, mas encontra-se embriagada e, no momento, não sabe informar o que de fato ocorreu. 

“Chegaram com essa mulher (Luciana) aqui e disseram que ela esfaqueou a outra, mas ainda não temos testemunhas nem a faca (usada no crime). A vítima fugiu do hospital e agora estamos dela e da família”, disse o delegado,  acrescentando que todas as possíveis motivações para o esfaqueamento está sendo verificado: desde a briga por um homem até uma possível dívida em dinheiro. 
 

Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com