Cidadeverde.com

Caixa Econômica disponibiliza agência móvel para Campo Maior

A cidade de Campo Maior vai receber nos próximos dias uma agência móvel da Caixa Econômica Federal.  A ação foi tomada pelo banco, em parceria com a Prefeitura Municipal de Campo Maior, depois que a agência do município foi destruída por explosivos devido atuação criminosa.

Os detalhes da medida emergencial foram acordadas nessa quinta-feira (02/05), durante reunião do prefeito Professor Ribinha com o Superintendente em exercício da Caixa Econômica, Raul Gomes.  A agência móvel ficará em Campo Maior até o retorno dos serviços da agência física.

“É uma forma que encontramos juntamente com a diretoria do banco para amenizar o prejuízo do povo de Campo Maior. O caminhão da Caixa vai ficar localizado no Complexo Valdir Fortes. Dessa forma, está garantido saques e outros serviços importantes para o período dos Festejos de Santo Antônio”, afirmou o prefeito.

O superintendente da CEF explicou que uma equipe de engenheiros se encontra em Campo Maior avaliando a estrutura do prédio, para logo em seguida iniciar as obras de recuperação. No entanto, enquanto isso, a agência móvel vai suprir a necessidade dos usuários do município e das cidades da região.

“A agência de Campo Maior é muito importante para nós, de porte grande. Desde o ocorrido tomamos algumas medidas. O início imediato da recuperação e, como alternativa, a Agência Móvel. Isso vai proporcionar o retorno parcial dos nossos atendimentos. O caminhão presta boa parte dos serviços e vai nos dá um conforto até o retorno da nossa agência”, explicou.

Banco do Brasil

O prefeito Professor Ribinha também se reuniu nessa quinta-feira com o superintendente do Banco do Brasil, Antônio Ivã. Ele explicou os prejuízos causados à população desde que as agências foram atacadas na última terça (31).

A diretoria do BB afirmou que vai iniciar uma vistoria do no prédio para confirmar se é possível iniciar as obras de recuperação. Como medida paliativa, o prefeito disponibilizou imóveis da prefeitura que poderão abrigar uma agência emergencial do Banco do Brasil enquanto ocorre o retorno efetivo dos trabalhos. A superintendência do BB prometeu visita ao município na próxima semana para analisar a possibilidade. 

Fonte: campomaioremfoco