Cidadeverde.com

CRAS Zico Martins é uma das referências da SEMAS em atendimento psicossocial

Com uma equipe multiprofissional, formada por assistentes sociais, psicólogos, e outros profissionais o Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Zico Martins, que faz parte da Secretaria de Assistência Social – SEMAS de Campo Maior, presta uma assistência integral as pessoas com vulnerabilidade social. Na linha de frente está a secretária de Assistência Social Nilzana Gomes, os assistentes sociais, os psicólogos e outros profissionais.

Além deste centro no bairro São João, o município dispõe de mais três, um funcionando no Centro da cidade, o CRAS Professor Altivo, e o CRAS Oeste no Bairro Fripisa. Todos prestam serviços a população local e adjacente.

“O acompanhamento que fazemos é integral, não somente ao indivíduo que se encontra fragilizado, que busca o serviço por demanda espontânea ou por encaminhamento de outros setores do município, mas também atendemos as famílias por meio do serviço de Proteção e Atendimento – PAIF”, destacou a assistente social  Jéssica Chaves.

O CRAS funciona com uma equipe multiprofissional

Neste trabalho no Centro os profissionais buscam melhorar a auto estima, fortalecer as relações, e contribuir para que as famílias participem de ações na comunidade. Isto é possível, segundo a assistente social Jéssica Chaves por meio de atendimentos individuais, e atividades em grupos, além de visitas domiciliares. “É um público específico que atendemos no território com abrangência do CRAS”, explicou a assistente social.

Na assistência psicossocial entra também o psicólogo. A psicóloga Mirlena Belchior, do CRAS Zico Martins fala da importância do profissional nos Centros. “Eles são importantes porque somam com os assistentes sociais na transformação da realidade de quem busca assistência para mudar a realidade de quem vive em vulnerabilidade social”, destacou Mirlena.

Ascom