Cidadeverde.com

Inaugurada unidade do Senac em Campo Maior

O governador Wilson Martins participou, na manhã desta terça-feira (13), da inauguração do Centro de Formação Profissional Antônio Augusto da Paz, do Serviço Nacional do Comércio (Senac). O Centro tem capacidade para cinco mil alunos. A data de inauguração homenageia o aniversário de 189 anos da adesão do Piauí à Independência do Brasil.

O Centro possui modernas instalações, com salas com ar condicionado inteligente, biblioteca, auditório, laboratórios de Corte e Costura, Salão de Beleza, Informática e Gastronomia.

"Mais que uma escola profissional, essa é uma escola de cidadania, que beneficiará Campo Maior e as cidades vizinhas. Nesse primeiro semestre vamos entregar ainda novos prédios em Teresina, Parnaíba e Luís Correia", destacou o empresário Valdeci Cavalcante, presidente do Sistema Fecomércio no Piauí.

                     Governador visita instalações do Senac de Campo Maior (Foto:Francisco Leal)

Wilson Martins ressaltou a importância da educação profissional para o desenvolvimento do Piauí, destacando a demanda crescente por mão de obra qualificada. "Temos uma forte parceria com o sistema Fecomércio. Essa é uma obra magnífica porque vai ensinar às pessoas um ofício, uma profissão casada com as vocações da cidade, para que possam entrar no mercado de trabalho, sustentar suas famílias", comentou.

Durante a inauguração, Luís da Paz, filho do homenageado, lembrou momentos marcantes do convívio em família e destacou características de Antônio Augusto da Paz, como honestidade, firmeza de caráter e generosidade.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Autoridades participam de solenidade da Batalha do Jenipapo nesta terça (13)

O hasteamento das bandeiras Nacional, Estadual e Municipal, assim como a execução dos Hinos Nacional e da Independência, fizeram parte das comemorações dos 189 anos da “Batalha do Jenipapo” em Campo Maior, na manhã desta terça-feira (13).

                      Fotos: Jonas Sousa

A bandeira nacional foi hasteada pelo prefeito Paulo Martins, enquanto a vice Silvia do Caú, elevou a do Estado do Piauí e o vereador Luis Lima, representando a Câmara Municipal, alteou a bandeira de Campo Maior.

Os hinos foram executados pela banda municipal Honório Bona. As bandeiras foram conduzidas até os mastros, na Praça Luiz Miranda, patamar da Prefeitura. O evento contou ainda com um pelotão de crianças das Escolas Municipal Mariema Paz e Hilson Bona. Conforme lembrou o prefeito, a Independência do Brasil, foi proclamada com a luta e bravura dos nossos heróis anônimos que completa 189 anos.


"Eu dedico esse dia aos servidores campomaiorenses que trabalham para que o município também tenha a sua independência. Estamos comemorando não só mais um ano da maior luta sangrenta, mas também ao crescimento e desenvolvimento de Campo Maior" disse o prefeito Paulo Martins.

Além das presenças dos vereadores Edvaldo Lima, Hilden Brito, dos secretários do governo municipais a solenidade contou com o comparecimento do Presidente do Fecomércio Valdeci Cavalcante, da coordenadora estadual do Programa Fome Zero Rosângela Sousa e do vice-presidente da Fetag Antonio José, do Major Giovanne do Exército Brasileiro. 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Cidade se transforma na capital do legislativo

Fazendo parte das comemorações dos 189 anos da Batalha do Jenipapo, a cidade de Campo Maior realizou uma sessão especial com os deputados do estado do Piauí. Compareceram os deputados estaduais Fernando Monteiro, Liziê Coelho, Fábio Novo, Themístocles Filho, Kleber Eulálio, Antonio Félix, João de Deus, Odival Andrade, Rejane Dias, Pastor Gessivaldo Isaías, Cícero Magalhães, Ismar Marques e Flora Izabel.

                   Fotos: Jonas Sousa

A sessão aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores e foi aberta com a leitura do requerimento solicitado para a realização da sessão pela deputada Liziê Coelho. O deputado Fábio Novo levou a mensagem aos munícipes destacando a bravura dos campomaiorenses na Batalha do Jenipapo pela Independência do Brasil destacando que foi a luta sangrenta mais importante na história do país.


O Governo do Estado Wilson Martins foi representado pelo o ex-prefeito de Campo Maior e ex-deputado estadual César Melo. Segundo o presidente da Assembléia, Themístocles Filho a sessão de hoje na capital foi transferida para Campo Maior.

Os deputados foram recepcionados pelo chefe do poder Executivo municipal, o prefeito Paulo Martins (PT) e a vice-prefeita “Sílvia do Caú” e os vereadores municipais. 


Após discurso do deputado Fábio Novo, se pronunciaram na tribuna o Presidente da Câmara, o vereador Luís Lima, o deputado estadual Antonio Félix, o assessor especial do governo César Melo  e o Prefeito Paulo Martins.

O prefeito ressaltou a importância da Batalha do Jenipapo para o Brasil. “É aqui que se comemora mais uma data das lutas pelo fim dos abusos que os portugueses tinham com o Piauí. Reivindico, que seja feito uma lei, para que todo ano nesta data a sessão da Assembléia em homenagem à batalha aconteça em Campo Maior. A nossa solicitação representa mais uma ação dos 250 anos da cidade", disse.

Segundo Martins, a transferência da capital do legislativo para Campo Maior representa um avanço e um momento oportuno para que seja discutido a importância desta batalha, que há 189 anos o povo derramou o seu sangue pela Independência do Piauí. "Isto marcará de vez a importância da batalha para todos os piauienses”, finalizou o prefeito ressaltando que está feliz em administrar o município de Campo Maior, considerada o berço dos heróis. 


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com


Personalidades serão homenageadas nos 189 anos da Batalha do Jenipapo

Em alusão aos 189 anos da Batalha do Jenipapo, a cidade de Campo Maior realizou, na manhã desta segunda-feira (12) uma sessão especial com os deputados do estado do Piauí, transformando a cidade na capital do legislativo. Nesta terça-feira (13), dia oficial da sangrenta luta, as comemorações continuam com a realização de missa e culto, entrega de comendas, solenidade cívico-militar e encenação teatral.

No Monumento do Jenipapo estarão reunidos professores, estudantes, campomaiorenses, militares e autoridades homenageando os heróis da luta.

A Comenda do Mérito Renascença será entregue a personalidades que contribuíram com a História do Piauí, como forma de reconhecimento aos cidadãos que trabalham em busca da igualdade social, bem como aquelas que trabalham para o desenvolvimento do país e do Piauí. 

                     O compositor e intérprete, José Quaresma, será um, dos homenageados

Entre os homenageados estão o diretor do Banco Mundial, Makhtar Diop, o procurador federal do Trabalho, Luzardo Soares, o compositor e intérprete José Quaresma, além do design gráfico Tupy Neto.

                      Diretor do Banco Mundial, Makhtar Diop

Além da entrega da comenda, a Batalha do Jenipapo será relembrada e resgatada na através da realização de solenidades que contarão com a presença do governador Wilson Martins, bem como de convidados. 

Na programação consta a realização de uma missa em ação de graças na Catedral de Santo Antônio, culto na Primeira Igreja Batista de Campo Maior e a solenidade cívico-militar em comemoração aos 189 anos da Batalha, no Monumento Heróis do Jenipapo.

A Batalha do Jenipapo ocorreu às margens do riacho de mesmo nome no dia 13 de março de 1823, a qual foi decisiva para a Independência do Brasil e consolidação do território nacional. Segundo registros históricos de 200 a 400 piauienses e cearenses perderam a vida e mais de 500 foram feitos prisioneiros pelas tropas portuguesas comandadas pelo major João José da Cunha Fidié.

Confira a programação:

12h - Missa em Ação de Graças. Local: Catedral de Santo Antônio

14h - Culto em Ação de Graças. Local: Primeira Igreja Batista de Campo Maior. Endereço: Rua Siqueira Campos, 489 - Centro

16h - Solenidade Cívico-Militar em Comemoração aos 189 anos da Batalha do Jenipapo. Local: Monumento Heróis do Jenipapo

- Entrega da Medalha Heróis do Jenipapo

- Outorga da Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí

- Desfile Militar

- Apresentação da peça teatral A Batalha do Jenipapo


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Comemorações em alusão 189 da Batalha do Jenipapo começam hoje

Marcando as comemorações alusivas aos 189 da Batalha do Jenipapo, uma sessão solene está sendo realizada nesta segunda-feira (12) na Câmara Municipal de Campo Maior. Todos os deputados estaduais do Piauí foram convocados a participar do evento respondendo a uma solicitação do prefeito Paulo Martins de transformar Campo Maior na capital do legislativo como forma de homenagear os piauienses que lutaram na mais sangrenta das batalhas travadas pela Independência do Brasil.
 
Além de homenagear os piauienses, a sessão tem como objetivo revelar a importância da batalha para o Piauí e também para o Brasil.
 
Entre os deputados que já se encontram em Campo Maior estão os deputados petistas Fábio Novo, Flora Isabel e João de Deus.
 
Nesta terça-feira (13) o governo do estado homenageará personalidades que contribuíram com a História do Piauí, oferecendo a eles a Comenda do Mérito Renascença. Esta, por sua vez, é atribuída aos cidadãos que trabalham em busca da igualdade social, bem como aquelas que trabalham para o desenvolvimento do país e do Piauí. 

Entre os homenageados estão o diretor do Banco Mundial, Makhtar Diop, o procurador federal do Trabalho, Luzardo Soares, o compositor e intérprete José Quaresma, além do design gráfico Tupy Neto.

Além da entrega da comenda, a Batalha do Jenipapo será relembrada e resgatada na através da realização de solenidades que contarão com a presença do governador Wilson Martins, bem como de convidados. Na programação consta a realização de uma missa em ação de graças na Catedral de Santo Antônio, culto na Primeira Igreja Batista de Campo Maior e a solenidade cívico-militar em comemoração aos 189 anos da Batalha, no Monumento Heróis do Jenipapo.

A Batalha do Jenipapo ocorreu às margens do riacho de mesmo nome no dia 13 de março de 1823, a qual foi decisiva para a Independência do Brasil e consolidação do território nacional. Segundo registros históricos de 200 a 400 piauienses e cearenses perderam a vida e mais de 500 foram feitos prisioneiros pelas tropas portuguesas comandadas pelo major João José da Cunha Fidié.

Confira a programação:

12h - Missa em Ação de Graças. Local: Catedral de Santo Antônio

14h - Culto em Ação de Graças. Local: Primeira Igreja Batista de Campo Maior. Endereço: Rua Siqueira Campos, 489 - Centro

16h - Solenidade Cívico-Militar em Comemoração aos 189 anos da Batalha do Jenipapo. Local: Monumento Heróis do Jenipapo

- Entrega da Medalha Heróis do Jenipapo

- Outorga da Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí

- Desfile Militar

- Apresentação da peça teatral A Batalha do Jenipapo


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Hospital Regional de Campo Maior é referência e atende 18 cidades

Referência em atendimento à saúde, o Hospital Regional de Campo Maior vem suprindo a necessidade de 18 municípios da região e desafogando os hospitais da capital. Entre os municípios atendidos estão Barras, Batalha, Castelo do Piauí, Esperantina, Jatobá do Piauí, Luzilândia e outros.

        Fotos: Kalberto Rodrigues

Desde 2011, o Hospital conta com atendimentos especializados em pediatria, obstetrícia, intervenções cirúrgicas, ortopedia, urgência e emergência, entre outros, e vem facilitando a vida dos moradores da região. “Antes, nosso fluxo de ambulância era muito grande. Havia muita necessidade de transferência para Teresina porque o Hospital não prestava alguns serviços, dentre eles o de ortopedia. Do ano passado para cá, esta realidade tem mudado e agora realizamos aqui, inclusive, intervenções cirúrgicas de pequena e média complexidade”, explica Danyel Lyra, coordenador de Serviço de Apoio do Hospital Regional de Campo Maior.


O HRCM conta com entradas acessíveis e ambulâncias(Foto: Kalberto Rodrigues)A dona de casa Maria de Lourdes não precisou de mais do que 20 minutos para deslocar-se até o Hospital e ser atendida pela equipe da emergência. Assim como ela, cerca de 1.040 pacientes são atendidos mensalmente pelo hospital na Clínica de Emergência e, em caso de internação, contam com um total de 100 leitos disponíveis. “Para nós isso é muito bom porque nos permite ser atendidos rapidamente e sem precisar ir até Teresina”, disse Maria de Lourdes.

Para Juliana Linhares, diretora do HRCM, os indicadores revelam a resolutividade e eficiência do hospital. “Nossa população não precisa esperar atendimento na capital porque suprimos essa necessidade. Com a eficiência dos hospitais regionais todos ganham, pois os pacientes não precisam gastar tempo e dinheiro indo a Teresina e a população da capital passa a contar com mais vagas para atendimento”, ressalta Juliana.


Atendimento na recepção do Hospital Regional de Campo Maior(Foto: Kalberto Rodrigues)Dentre as metas para o ano de 2012 do Hospital Regional de Campo Maior está a aquisição de novos equipamentos, o funcionamento de mais uma sala de cirurgia, uma sala de parto humanizado e a elaboração de um projeto para implantação de uma Unidade de Tratamento Intensivo – UTI no município de Campo Maior.



Clínica Ortopédica

A Clínica Ortopédica do Hospital Regional de Campo Maior atende em média 470 pacientes mensalmente. São prestados serviços como imobilização,  colocação e retirada do gesso ortopédico e cirurgias.

A Clínica trabalha em parceria com o Hospital Getúlio Vargas e, em caso de necessidade de transferência médica, o paciente é deslocado para Teresina mediante a confirmação de leito disponível no HGV.

“Antes nós tínhamos um grande número de pacientes transferidos por necessidade de atendimento ortopédico. Atualmente o paciente é atendido aqui mesmo, o que, além de ser mais cômodo para o paciente, diminui o tempo de espera, o que é muito importante dentro desse procedimento”, declara Juliana Linhares, diretora do HRCM.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com
 

Cultura, momentos de beleza e música marcaram o Dia Internacional da Mulher

Focando a mulher e responsabilidades adquiridas na trajetória histórica de suas conquistas, a prefeitura de Campo Maior junto com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, preparou uma série de atividades envolvendo momentos de beleza,  para comemorar o Dia Internacional da Mulher, que acontece nesta quinta-feira (08).

As atividades contaram com apresentação cultural da banda do Projovem e as presenças de autoridades, das servidoras públicas e participação das usuárias de programas sociais, além de lideranças que desenvolvem trabalhos sociais com mulheres.

“Este evento será preparado com muito carinho, e é uma forma que encontramos para valorizarmos as nossas mulheres que têm um papel muito importante em nossas vidas, exemplos de competência e de dedicação no progresso do município”, enalteceu o prefeito Paulo Martins.


Da Editoria de Cidades 
cidades@cidadeverde.com

Agentes de saúde recebem gratificação por tempo de serviço

Na manhã desta quinta-feira (8), o prefeito Paulo Martins assinou durante a festa em homenagem às mulheres na Praça Luís Miranda, o decreto que concede gratificação adicional de 10% por tempo de serviço aos Agentes Comunitários de Saúde que tem mais de 10 anos de trabalho. 

Segundo a presidente da Associação das Agentes Comunitárias de Saúde, Maria Célia de Araújo, essa ação do prefeito Paulo Martins é um exemplo de reconhecimento e respeito pelos trabalhadores da classe.

“Aqui nós tínhamos agentes com 20 anos de serviço e nunca nenhum prefeito pagou o adicional, um exemplo disso sou eu mesma que tenho 20 anos de serviço e nunca recebi o prefeito mais uma vez está de parabéns por valorizar o trabalho do servidor”, destacou Célia.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com 

'Investigações sobre roubo de equipamentos estão avançadas' diz delegado

As investigações sobre o roubo de equipamentos do Hospital regional de Campo Maior estão avançadas, informou o delegado Daniell Pires, do 1º DP. Os aparelhos foram roubados do Hospital há mais de um ano e estão orçados em mais de R$ 70 mil.

De acordo com o delegado, novas pessoas já foram ouvidas, inclusive o ex-secretário estadual de saúde, Paulo Lages e dono da clinica Santa Edwirgens que ficam em Parnaiba onde foram encontrados alguns dos aparelhos. 

"A partir do ex- secretário chegamos a pessoa que fez a venda. Esta, por sua vez, também já prestou depoimento", informou Daniell Pires. 

O delegado informou ainda  que os nomes dos envolvidos não foram revelados para não atrapalhar as investigações.

"A fala da pessoa que vendeu os aparelhos é meio confusa e por conta disso a demora na conclusão do processo", finaliza o delegado.


Fonte: Com informações do Campomaioremfoco

Município ocupa 3º lugar no ranking de empregos formais no PI

O município de Campo Maior ocupa 3º lugar na criação de novos empregos formais, perdendo apenas para Piripiri (que possui um antigo parque industrial de confecções) e Floriano. Campo Maior supera inclusive a capital, que ficou com o acanhado 13º lugar (saldo negativo), tendo sido criado aqui 43 novos empregos a mais que o número de demissões.


Os dados foram divulgados pelo  Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e tem como parâmetro as contratações formalizadas durante o  intervalo de 30 dias nos municípios de cada Estado. Municípios que  apresentam população igual ou superior a 30 mil habitantes são incluídos na pesquisa. No Piauí, treze cidades compõem a lista.

 Fonte: APPM

Posts anteriores